Arsenal goleia Aston Villa com três de Giroud e termina Premier League como vice-líder

Gunners sobem para segundo lugar no último dia do campeonato aproveitando derrota do Tottenham para o Newcastle; Villains terminam com incríveis 17 pontos

Arsenal goleia Aston Villa com três de Giroud e termina Premier League como vice-líder
Foto: Julian Finney/Getty Images
Arsenal
4 0
Aston Villa
Arsenal: Cech; Bellerín, Gabriel, Koscielny, Monreal; Coquelin, Wilshere (Elneny 69’), Cazorla (Campbell 88'), Özil (Arteta 88'), Sánchez; Giroud.
Aston Villa: Bunn; Lyden (Grealish 75’), Lescott (Richards 64’), Toner, Cissokho; Sanchez, Westwood, Gana; Bacuna, Sinclair, Ayew.
Placar: 1-0, min. 5, Giroud. 2-0, min. 78, Giroud. 3-0, min. 80, Giroud. 4-0, min. 90+4, Bunn (GC).
ÁRBITRO: Mark Clattenburg. Amarelos: C. Sánchez 39’
INCIDENCIAS: partida válida pela 38ª rodada da barclays premier league, jogado no emirates stadium, em londres.

Desde que Arsène Wenger chegou ao Arsenal, o francês nunca terminou atrás do Tottenham. Depois de 20 anos, essa história se repete mesmo que os Spurs tenham tido melhor temporada. Na tarde deste domingo (15) em jogo válida pela 38ª rodada da Barclays Premier League, os Gunners receberam e venceram o Aston Villa por 4 a 0, com um hat-trick de Giroud e um contra de Bunn, em seu último dia com o clube, e tomaram a segunda posição dos rivais locais, terminando a temporada em segundo colocado com 71 pontos, enquanto que os Villains encerram a terrível época em último com incríveis 17 pontos.

Para conseguir a vice-liderança da Premier League, o Arsenal precisou contar com a derrota do Tottenham para o rebaixado Newcastle por 5 a 1, finalizando com os 70 pontos que tem já três rodadas. Agora, as equipes entram na offseason, visto que não tem mais jogos para disputar na temporada. Voltam em julho para a pré-temporada.  

No primeiro tempo de um time só, Arsenal abre o placar contra o Villa

Sabendo da superioridade que os donos da casa têm sobre os visitantes, o Arsenal começou muito em cima. Logo na primeira chance real, nasceu o primeiro gol do jogo: Monreal recebeu pela esquerda, avançou um pouco e conseguiu cruzamento para Giroud sozinho cabecear para o gol, vencendo Bunn e abrindo o marcador no Emirates aos cinco minutos. Aos 12 minutos, Cazorla conseguiu cruzamento perigoso para a área em cobrança de falta, mas Gabriel não acertou na cabeçada, ficando fácil para a defesa do goleiro adversário.

Sem muitas jogadas criadas nos próximos minutos, o Arsenal passou a administrar o tempo, tocando a bola diversas vezes no campo de ataque, evitando que o adversário pegasse a bola e contra-atacasse e não se preocupava muito em criar chances, uma vez que tinha a liderança e a bola em seus pés, tendo, portanto, paciência. Aos 31 minutos, em jogava individual, Alexis chegou próximo de marcar um golaço. Recebe na esquerda e driblou dois marcadores até chutar cruzado, vendo a bola passar rente à trave e ir para fora.

No minuto seguinte, Wilshere perdeu uma chance incrível. Sánchez foi esperto e roubou a bola na saída de bola do Villa, avançou, olhou e cruzou para Jack aparecer sozinho na área e finalizar, porém para fora. Aos 35, o chileno tentou um passe em profundidade para Özil, porém Bunn chegou primeiro para ficar com o esférico. A primeira chance de perigo do Aston Villa apareceu em chute cruzado de Sinclair dentro da área, porém passou na frente de Cech aos 37 e no outro lado, Gana aproveitou e tentou toque para trás, mas Monreal conseguiu tirar.

Gunners conseguem continuar superioridade e marcam mais três para selar a vitória

A segunda etapa começou assim como foi todo o conjunto da primeira: com o Arsenal em cima e dominando as ações nos três terços do campo, principalmente no meio e no seu campo de ataque. Algumas chances tiveram suas oportunidades de aparecerem, porém não foram aproveitadas e nenhum perigo foi visto nos minutos de um dígito em Londres. Os visitantes apareceram pela primeira vez no segundo tempo com Ayew que, depois de ganhar de dois marcadores, chegou na linha de fundo e chutou cruzado, para defesa de Cech.

Aos 27 minutos, cruzamento para a área e Elneny tenta chute de primeira de voleio para o gol, mas manda por cima da trave. Dois minutos depois, Cazorla recebeu, invadiu a área e chutou cruzado, mas Bunn fez a defesa. Com 33 minutos, no entanto, finalmente veio o segundo gol do Arsenal, marcado por Giroud novamente após cruzamento rasteiro de Özil para o francês apenas empurrar para o fundo das redes, dando a vitória aos donos da casa.

Dois minutos depois, Olivier conseguiu o seu hat-trick na tarde de domingo. Bellerín enfiou um passe fatal no meio da zaga e o francês conseguiu marcar o gol que selou os três pontos para os Gunners. Nos acréscimos, Elneny recebeu belo passe de Santi e conseguiu a finalização, porém a bola bateu na rede do lado de fora.Aos 49 minutos, Arteta chuta, a bola bate na trave, em Bunn e entra para o fundo das redes, fazendo o quarto dos Gunners no dia.