Hodgson elogia suplentes em triunfo inglês: "Pensava em colocá-los desde o início"

Vardy e Sturridge saíram do banco de reservas e entraram no segundo tempo para garantir a virada da Inglaterra sobre País de Gales

Hodgson elogia suplentes em triunfo inglês: "Pensava em colocá-los desde o início"
Após empatar na estreia, Inglaterra chega a primeira vitória na competição (Foto: Clive Rose/Getty Images)

Na manhã dessa quinta-feira a seleção da Inglaterra venceu País de Gales pelo placar de 2 a 1, de virada com gol já nos minutos finais do confronto. Os gols foram marcados por Gareth Bale, para o time galês, Jamie Vardy e Daniel Sturridge, para o English Team. A partida foi válida pela segunda rodada do grupo B da Eurocopa 2016.

O técnico Roy Hodgson elogiou principalmente o desempenho do seus comandados na segunda etapa do duelo: “Eu tenho que dizer, especialmente no segundo tempo, que foi um desempenho muito dominante e fomos muito agressivos e ousados ​​em nosso jogo ofensivo”.

VEJA TAMBÉM: Sturridge descreve emoção após marcar gol da vitória sobre Gales: "Uma ótima sensação"

Roy também destacou a importância da vitória para a sequência da competição. “Levamos muito perigo ao gol galês, mas a defesa deles foi incrivelmente boa. Entretanto conseguimos os dois gols e vamos para casa feliz”, disse o treinador.

Jamie Vardy e Daniel Sturridge saíram do banco de reservas para garantiram a vitória do time inglês. E Hodgson admitiu que desde o começo da partida tinha na sua cabeça a introdução da dupla na partida após definir a equipe titular: “Nós pensamos muito sobre o que este onze inicial e deve ser e é claro que estavam cientes de que o jogo contra a Rússia exigiu muito dos jogadores”.

Completando o pensamento o treinador afirmou que não esperava sair atrás do placar e que isso facilitou ainda mais a entrada da dupla, além também do jovem Marcus Rashford. “Eu não estava contando com um gol contra nós e eu estava em vez esperando ver o que aconteceria na primeira etapa, talvez até mesmo na liderança, e então nós faríamos nossas mudanças”, declarou Hodgson. 

Finalizando, o técnico também falou sobre a rivalidade criada entre Inglaterra e Gales nos útimos dias: “Se eles tivessem enfrentado outro adversário, eu provavelmente estaria triste por eles. Mas como fomos nós os adversários, não estou triste por eles e satisfeito pela vitória do time inglês”, completou.