Hodgson mostra-se satisfeito com desempenho do time, mas lembra: "Só ganhamos uma partida"

Técnico inglês mostrou-se empolgado com o futebol apresentado por sua equipe: "Da maneira como estamos jogando no momento, para ser honesto, não tenho medo de ninguém"

Hodgson mostra-se satisfeito com desempenho do time, mas lembra: "Só ganhamos uma partida"
Roy lamentou o fato de a Inglaterra terminar a primeira fase na segunda colocação (Foto: Dan Mullan/Getty Images)

A Inglaterra enfrentou na tarde desta segunda-feira (20) a seleção da Eslováquia. A partida terminou empatada sem gols e garantiu a classificação do English Team para as oitavas de final da Eurocopa 2016, em segundo lugar do grupo, atrás do time galês. O time inglês agora espera a definição dos outros grupos para saber quem enfrentará nas oitavas de final.

Mesmo com a classificação, o técnico Roy Hodgson mostrou-se chateado com mais um empate na competição: “Estamos frustrados, pois dominamos os três jogos e só conseguimos ganhar um deles”. O treinador também lamentou o fato da equipe novamente desperdiçar boas chances de marcar. “Nós dominamos o jogo do início ao fim e tivemos tantas tentativas e chances”, lastimou Roy.

Hodgson elogiou a torcida inglesa e pediu desculpas a esta por não chegarem a vitória: “Hoje os fãs foram magníficos novamente, por isso é decepcionante não ser capaz de dar-lhes uma vitória, mas eu não acho que nós poderíamos ter feito mais do que fizemos”.

Roy elogiou a primeira fase dos seus comandados e mostrou-se extremamente confiante. “Da maneira como estamos jogando no momento, para ser honesto, não tenho medo de ninguém”, declarou. Acrescentando, Hodgson afirmou: “Pensei que nunca veria uma equipe de Inglaterra em um torneio de ser capaz de dominar três jogos, tanto quanto o que fizemos até que me dá algum tipo de satisfação”.

O treinador não tem dúvidas que a forma de jogo da seleção inglesa logo resultará em gols e vitória na competição europeia. “Eu tenho certeza que mais cedo ou mais tarde vamos fazer alguém pagar, porque se continuarmos dominando e criando chances como estamos fazendo, vamos logo marcar gols”, disse.

Concluindo, o técnico inglês mostrou indignação pelo segundo lugar no grupo: “Terminar em segundo no grupo é uma decepção. Nós queríamos a liderança, e ela não veio”.