Promessa do Bayern, meia Hojbjerg assina com Southampton por cinco anos

O meio-campista dinamarquês chega por aproximadamente 12 milhões de libras e assinou contrato válido por cinco temporadas

Promessa do Bayern, meia Hojbjerg assina com Southampton por cinco anos
Hojbjerg foi promovido ao time principal do Bayern por Pep Guardiola (Foto: Robin Jones/Southampton)

Nessa segunda-feira (11), o Southampton anunciou a contratação do meio-campista Pierre Hojbjerg. Os Saints pagarão 12 milhões de libras (R$ 52 milhões), segundo a imprensa britânica, ao Bayern de Munique pelo jogador dinamarquês, que assinou contrato por cinco temporadas. Hojbjerg é famoso por ter sido muito elogiado por Pep Guardiola, além de ter sido promovido pelo treinador espanhol em 2012.

O meio-campista de 20 anos teve passagens por Augsburg e Schalke 04, emprestado, entre 2014 e 2015. O dinamarquês estreou como profissional aos 17 anos, em abril de 2013, quando tornou-se o jogador mais jovem a entrar em campo na Primeira Divisão do Campeonato Alemão, a Bundesliga. Hojbjerg já foi convocado 17 vezes para a seleção da Dinamarca e ainda não marcou gols. Já no Augsburg marcou duas vezes, seus dois como jogador profissional.

Les Reed, diretor esportivo dos Saints falou sobre a chegada do jovem meio-campo: “Aos 20 anos, ele já está estabelecido como um jogador de seleção e tem uma experiência significante e valiosa com o Bayern de Munique”. O dirigente também mostrou grande confiança em Hojbjerg. “Acreditamos que o clube é o lugar ideal para que Pierre continue progredindo. Ele será um excelente acréscimo para nosso elenco”, disse o dirigente.

O meio-campista também falou um pouco sobre você ao site oficial do clube inglês: “Não gosto de falar de mim. Eu gosto de ter a bola e de lutar em campo pela minha equipe. Eu sinto que é uma equipe que está sempre junta nos momentos bons e ruins, porque eu acho que você só pode ser bom se todo o time estiver bem. Isto é o que eu sou como jogador, eu trabalho duro, sou leal e gosto de ganhar. Para mim, vencer é o que faz a diferença de bons jogadores para grandes jogadores, é quanto você ganha e o que você quer ganhar”.