Derrotados na primeira rodada, Leicester e Arsenal se enfrentam pelo Campeonato Inglês

Com um começo de temporada pouco glamouroso, Foxes e Gunners buscam a vitória para começar a temporada com o pé direito

Derrotados na primeira rodada, Leicester e Arsenal se enfrentam pelo Campeonato Inglês
Foto: Catherine Ivill/Getty Images
Leicester
Arsenal
Leicester: Schmeichel; Simpson, Huth, Morgan, Fuchs; Mahrez, King, Drinkwater, Gray; Musa e Vardy.
Arsenal: Cech; Monreal, Holding, Chambers, Bellarín; Chamberlain, Xhanka, Cazorla, Elneny, Walcott; Sánchez.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 2ª rodada do Campeonato Inglês, a ser disputada no King Power Stadium, em Leicester.

O início da Premier League não foi dos mais animadores para o recém campeão inglês, Leicester, e nem para a equipe do Arsenal. Ambos foram derrotados na primeira rodada da competição, no último fim de semana. Enquanto os Foxes foram batidos pelo placar de 2 a 1 pela equipe do Hull City, promovida para a primeira divisão na última temporada, os londrinos foram derrotada em casa pelo Liverpool, por 4 a 3.

Mesmo com uma única rodada disputada, ambos buscam a vitória no duelo deste sábado (20), às 13h30, para recuperar a confiança e começar a construir uma boa campanha para esta temporada. Em seus últimos dois encontros na temporada passada, o Arsenal venceu o Leicester em ambas as oportunidades: por 5 a 2 no King Power Stadium, onde ocorrerá o duelo desta tarde; e por 2 a 1 no Emirates Stadium, casa dos Gunners.

Reforços "das antigas"

Apesar do resultado negativo fora de casa no último sábado, os torcedores do Leicester tiveram razões para comemorar ao longo desta semana. Isso porque Riyad Mahrez, uma das principais estrelas da equipe no ano dos sonhos, decidiu renovar seu vínculo com o clube até 2020, assim como já havia feito seu colega e atacante da Seleção Inglesa, Jamie Vardy. O meia vinha sendo especulado em vários gigantes eurpeus, alguns da própria Premier League, mas optou por seguir com os Foxes, apesar das baixas expectativas para o ano.

Da equipe que enfrentou o Hull City, Claudio Ranieri podera contar com todos os seus jogadores, e ainda tera como opção Huth, que retorna de suspensção e já deve estar entre os 11 titulares, como na última temporada. A vaga deixada pelo zagueiro na estréia da equipe na competição havia sido ocupada por Hernández, que deve retornar ao banco, permitindo que o camisa 2 faça dupla com Morgan. No mais, a escalação utilizada na última partida não deve sofrer alterações.

Com o DM cheio

Se recuperando da dolorida derrota para o Liverpool na rodada passada, o Arsenal terá para a partida uma lista de reforços e desfalques. Não bastasse o placar desfavorável, os Gunners ainda tiveram duas perdas ao longo da partida: Aaron Ramsey e Alex Iwobi, ambos titulares na última rodada, estão contundidos, e se juntam a Per Mertesacker, Gabriel, Danny Welbeck, Carl Jenkinson e Jack Wilshere no Departamento Médico.

As vagas deixadas pelos dos jogadores machucados deverão ser ocupadas por Granit Xhaka e Santi Cazorla, que já haviam substituído ambos ao longo da partida anterior. Já o meia Serge Gnabry, que ainda não retornou a Londres por estar junto a seleção olímpica alemã no Brasil, para a disputa da medalha de ouro, segue não sendo uma opção para o técnico Arsene Wenger.

Diferente do que parece porém, nem tudo são más notícias. Apesar da grande quantidade de desfalques, os vermelhos de Londres terão o retorno de Mesut Ozil, Laurent Koscielny e Olivier Giroud, que viajaram com a equipe para Leicester e poderão ser relacionados.