Seleção VAVEL da rodada 2 da Premier League

Seleção VAVEL da rodada 2 da Premier League
Arte: Hugo Alves/VAVEL Brasil

A segunda rodada da Premier League era aguardada principalmente pelo encontro entre campeão e vice-campeão da temporada passada, mas Leicester 0x0 Arsenal foi uma decepção. Notícias mais importantes foram a goleada do Man City fora de casa por 4 a 1 sobre o Stoke City, a nova vitória do Man United, comandado por Ibrahimovic e estreando Pogba sobre o Southampton e a surpresa Hull City, que mesmo em crise, bateu o Swansea fora de casa por 2 a 0 e venceu a segunda na competição. Veja abaixo os resultados e a seleção que a VAVEL escolheu dos melhores da rodada.

Resultados da rodada

Man United 2x0 Southampton (Ibrahimovic 2x)

Stoke City 1x4 Man City (Bojan; Agüero 2x, Nolito 2x)

Tottenham 1x0 Crystal Palace (Wanyama)

Watford 1x2 Chelsea (Capoué; Batshuayi, Diego Costa)

Swansea 0x2 Hull City (Maloney, Abel Hernández)

Burnley 2x0 Liverpool (Gray, Vokes)

Leicester 0x0 Arsenal

Sunderland 1x2 Middlesbrough (van Aanholt; Stuani 2x)

West Ham 1x0 Bournemouth (Antonio)

Seleção da rodada (4-2-3-1): Heaton; Valencia, Davies, Koscielny, van Aanholt; Wanyama, Pogba; Stuani, Aguero, Andre Gray; Ibrahimovic

Goleiro: Tom Heaton (Burnley). Terceiro goleiro da Inglaterra na Eurocopa, Heaton segurou o ataque do Liverpool e assegurou a vitória dos Clarets. Foram 26 finalizações dos Reds, mas nenhuma passou pela arqueiro do English Team - o Burnley finalizou três vezes e marcou duas.

Laterais: Antonio Valencia (Man United) e Patrick van Aanholt (Sunderland). Valencia, agora fixado na lateral-direita, foi uma das válvulas de escape na vitória dos Red Devils sobre o Southampton. Já van Aanholt, apesar da derrota do Sunderland em casa, marcou um gol e foi das melhores armas do time de David Moyes na partida no Stadium of Light.

Zagueiros: Curtis Davies (Hull) e Laurent Koscielny (Arsenal). Apesar da dificuldade para montar o elenco, o Hull começou com tudo a Premier League. Na vitória por 2 a 0 sobre o Swansea, em Gales, o zagueiro Davies foi importante para segurar a dupla Sigurdsson-Llorente e ainda participou do primeiro gol. Já Koscielny, que havia ficado fora da desastrosa derrota do Arsenal por 4 a 3 para o Liverpool na estreia, voltou dando segurança à defesa gunner, que não levou gols do Leicester - mas também não marcou.

Centro-campistas: Victor Wanyama (Tottenham) e Paul Pogba (Man United). Apesar das 20 chances criadas contra o vizinho Crystal Palace, os Spurs precisaram do volante queniano Wanyama para vencer a defesa rival e marcar o gol único da vitória em WHL. Em Old Trafford, o jogador mais caro do mundo, Pogba, retornou ao United e fez bela apresentação na vitória sobre os Saints.

Ofensivos: Cristhian Stuani (Middlesbrough), Sergio Agüero (Manchester City) e Andre Gray (Burnley). O trio que dá suporte ao centroavante em nossa seleção somou cinco gols e uma assistência no rodada 2. Stuani marcou os dois da vitório do Boro em Sunderland, Agüero fez dois dos quatro do City no Stoke e Gray marcou e ainda assistiu Vokes na surpreendente vitória do Burnley sobre o Liverpool.

Centroavante: Zlatan Ibrahimovic (Man United). Em seu terceiro jogo com a camisa do Man United, Ibrahimovic chegou a quatro gols. Com uma cabeçada e uma cobrança de pênalti segura, superou o gigante Fraser Forster e decidiu a favor dos Red Devils um espinhoso confronto contra o Southampton.