Em reestreia de David Luiz, Chelsea recebe Liverpool pela Premier League

Com lesão de Terry confirmada ao longo da semana, Conte anuncia retorno de David Luiz ao time titular em grande duelo pelo Campeonato Inglês

Em reestreia de David Luiz, Chelsea recebe Liverpool pela Premier League
(Foto: BEN STANSALL/AFP/Getty Images)
Chelsea
Liverpool
Chelsea: Courtois; Ivanovic, Cahill, Luiz, Azpilicueta; Kante; Matic, Willian, Oscar, Hazard; Costa.
Liverpool: Mignolet; Clyne, Lovren, Matip, Milner; Lallana, Henderson, Wijnaldum; Mane, Sturridge, Firmino.
ÁRBITRO: Martin Atkinson
INCIDENCIAS: Partida válida pela quinta rodada da Premier League, a ser disputada no Stamford Bridge, em Londres, ás 16 horas.

Sem sofrer derrotas até o momento na Premier League, o Chelsea receberá em Stamford Bridge a equipe do Liverpool, nesta sexta-feira (16), às 16 horas, em busca de mais três pontos para seguir na cola do líder, Manchester City, que mantém (até o momento) os 100% de aproveitamento em sua campanha. Com três vitórias e um empate, os Blues se encontram casa dos dez pontos, ocupando a segunda colocação, enquanto seus adversários desta tarde se mantém na sexta, com sete pontos e uma derrota em sua conta.

Com a lesão de John Terry, na partida do último sábado, contra o Swansea, Antonio Conte anunciou a reestreia do zagueiro David Luiz com a camisa dos Blues, após duas temporadas como jogador do PSG. O atleta, que retornou à Inglaterra na última janela de transferência, fez parte do elenco campeão da Champions League em 2012 pela equipe londrina, mas teve sua volta questinada após algumas atuações pela Seleção Brasileira e até mesmo ao longo de sua estadia na França; mas deve se manter como titular por, pelo menos, dez dias, período necessário para a recuperação de Terry, segundo o Departamento Médico do clube.

O Liverpool, por sua vez, vem de boa vitória contra o atual campeão inglês, Leicester City, buscando mais uma vitória para melhorar sua posição na tabela. Com um dos melhores ataques da competição até o momento, os Reds somam nove gols, mesmo número que seus adversários londrinos. Em contrapartida, tem uma das defesas mais vazadas da Premier League nas primeiras quatro rodadas, enquanto a defesa do Chelsea sofreu apenas quatro tentos.

Mesmo sem seu capitão, Chelsea chega confiante para a partida

Sem mais alterações no time que iniciará a partida em relação ao que entrou em campo na última rodada, David Luiz foi o grande nome a ser comentado por sua reestreia. Após o próprio Chelsea ter confirmado, por meio de seu twitter oficial ao longo da semana, que o zagueiro seria titular devido a lesão de Terry, a entrevista coletiva concedida pelo técnico dos Blues que antecedeu a partida se deteve a perguntas relacionadas ás expectativas para a reestréia de seu novo comandado e a elogios a Jurgen Klopp e seus jogadores.

“Quando chegam novos jogadores, eles precisam de tempo para se adaptar aos novos conceitos, mas amanhã precisamos usar David Luiz. Ele trabalhou muito em situações defensivas e quando estamos com posse de bola. Confio nele. É um bom jogador e durante os treinos eu vi coisas boas”, disse Conte.

“Amanhã (sexta-feira), David Luiz jogará pela primeira vez conosco e estamos confiantes nele. Esperamos que ele jogue muito bem, sabemos que ele é bom jogador. Estamos colocando-o na melhor condição para que ele nos dê seu melhor”, completou.

Ao ser questionado sobre as expectativas para o jogo, Conte afirmou que será uma partida complicado, contra uma boa equipe, que joga com intensidade e é ofensiva, e que o Chelsea precisará jogar com muita atenção diante do Liverpool. Fez também elogios a Klopp, colocando-o como um dos melhores treinadores do mundo, e exaltado a qualidade de seu trabalho.

O técnico ainda afirmou durante a coletiva que Cesc Fabregas, que segundo expeculações vinha iniciando as partidas no banco por desentendimentos com Conte (história que foi desmentida pelo próprio jogador em suas redes sociais), está em seus planos para dar seguimento ao trabalho no Chelsea. O comandante fez questão de exaltar a qualidade do meia e a forma como seu rendimento vem melhorando cada vez que entra em campo, dizendo que, se essa crescente de produção se mantiver, será difícil não torna-lo titular em algumas rodadas.

Com disputa pela titularidade no ataque, Liverpool deve repetir a escalação

Utilizando praticamente a mesma formação da partida contra o Leicester na última semana, Klopp tem apenas uma dúvida em seu ataque. Philippe Coutinho, uma das grandes estrelas do elenco dos Reds, iniciou a partida da última rodada no banco, e substituiu Daniel Sturridge ao longo da partida, fazendo seu gol na vitória pelo placar de 4x1 em Anfield. Se optar por iniciar a partida com Coutinho titular nesta sexta, a troca deverá ser a mesma.

Durante a coletiva que antecedeu o jogo, o treinador dos Reds confirmou o retorno de Emre Can aos treinos, mas disse que o volante só deve retornar à equipe na partida da próxima semana, pela Copa da Liga; e fez questão de rasgar elogios a seu adversário desta sexta, apelidando-o de "Pep Guardiola de Turim", em referência à seu trabalho na Juventos.

“Ele foi o Pep Guardiola de Turim. Ele criou um estilo especial de se jogar. Foi muito bem-sucedido lá e com a seleção da Itália. É impressionante, mas eu ainda não enfrentei Antônio Conte”, opinou Klopp.

O alemão também afirmou que o Chelsea atual não é o mesmo da última temporada, de desempenho fraco e que pouco trabalhava, e disse que o Liverpool terá trabalho para tentar bater os Blues em casa, diferente de seu último encontro oficial, marcado pela grande atuação de sua equipe, com o placar de 3x1.

“A última temporada não foi uma temporada digna de Chelsea. Agora eles voltaram aos trilhos. Nós precisamos estar prontos para um desafio de verdade. Eles defendem bem e atacam forte. Não é um trabalho fácil, mas nos sentimos confiantes que podemos fazer algo”, completou.