Buscando entrar no G-4, Manchester United visita Watford pela Premier League

Após dois reveses contra City e Feynoord, United quer vitória para se recuperar e não deixar os Citizens abrirem vantagem

Buscando entrar no G-4, Manchester United visita Watford pela Premier League
Fotomontagem: VAVEL
Watford
Manchester United
Watford: Gomes; Janmaat, Kabasele, Kaboul, Prodl, Holebas; Behrami, Pereyra, Capoue; Deeney, Ighalo. Walter Mazzarri .
Manchester United: De Gea; Valencia, Bailly, Blind, Shaw; Fellaini, Pogba, Rooney; Rashford, Ibrahimovic, Martial. José Mourinho.
ÁRBITRO: Michael Oliver.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 5ª rodada da Premier League, a ser realizada no Vicarage Road.

Depois de dois resultados adversos frente à Manchester City e Feynoord, o Manchester United retorna a campo nesse domingo (18), em mais uma rodada da Premier League, a quinta da competição. Os Red Devils visitam a equipe no Watford, no Vicarage Road, em jogo que terá início às 8h. Na última temporada, o United derrotou os Hornets nos dois encontros, 2 a 1 e 1 a 0.

No histórico do duelo, os visitantes deste domingo tem vantagem sobre a equipe treinada por Walter Mazzarri: em 24 encontros, o time de Old Trafford tem 17 vitórias, contra quatro do Watford. Na última rodada, os Hornets venceram o West Ham por 4 a 2, longe dos seus domínios, no novo estádio dos Hammers, o Olímpico de Londres. Enquanto o United foi derrotado pelo seu rival por City pelo placar de 2 a 1, no Teatro dos Sonhos.

Sem vitórias em casa, Watford visa segunda vitória na competição

A equipe de Vicarage Road tem quatro pontos na competição, com uma vitória conquistada frente ao West Ham e um empate diante do Southampton na primeira rodada. No seu estádio enfrentou Chelsea e Arsenal, sendo derrotado pelas duas equipes londrinas, por 2 a 1 e 3 a 1, respectivamente. Com a visão de permanecer na primeira divisão da Inglaterra, os Hornets necessitam de triunfos atuando em seus domínios.

Os grandes destaques do Watford são os atacantes Troy Deeney, que alcançou a marca de 15 gols na última temporada, e Odion Ighalo, que marcou 17 vezes na última temporada, e o recém-chegado Etienne Capoue, que atua como meio-campista e já marcou três gols na atual Premier League, além de participar de outros quatro.

Walter Mazzarri foi anunciado pelo Watford após o fim da última temporada e é o oitavo treinador do clube desde 2012. O técnico italiano, ex-Empoli e Internazionale, prometeu que o seu time tentará bloquear as principais jogadas do time de Mourinho, em busca da vitória: “Vamos tentar limitar as suas capacidades”.

Após dois resultados adversos, Red Devils querem vitória fora de casa

Na última quinta-feira, o United estreou na Uefa Europa League e sofreu o segundo revés na temporada, sendo derrotado pelo Feynoord por 1 a 0, em Roterdã. Já na rodada passada da Premier League realizou o primeiro clássico contra o rival Manchester City e acabou vencido por 2 a 1. Na Premier League, atuou fora de casa em duas oportunidades, vencendo Bournemouth por 3 a 1, e Hull City por 1 a 0.

José Mourinho escalou um time misto contra o Feynoord e deve escalar o time titular novamente contra os Hornets, com os prováveis retornos de Wayne Rooney, Luke Shaw, Daley Blind, Marroune Fellaini e Antonio Valencia ao onze inicial. O United é o sexto colocado com nove pontos, se vencer entra no G-4 e assume a terceira posição.

O treinador português deu sua típica entrevista pré-jogo e falou sobre alguns assuntos importantes, como as atuações de Paul Pogba e a montagem do meio campo da equipe. Mourinho afirmou que o camisa 6 do United deve esquecer o preço pelo qual foi comprado e atuar como realmente sabe. “Eu só quero que Paul esqueça isso e jogue o seu futebol. Depois de um bom primeiro jogo, ele teve uma redução no seu nível de atuação”, disse. 

No entanto, o técnico deposita toda sua confiança no futebol do francês: “Mas eu estou cheio de confiança nele porque eu sei que jogador ele é. Eu sei que ele é um cara muito bom, com muita ambição, por isso, a boa forma virá naturalmente Com a melhora da sua equipe, ele também melhorará”.

O Special One também falou sobre a melhor posição do francês dentro do campo, ao dizer: “Depende da situação. Na Premier League, estamos a jogar com Wayne Rooney como um número 10 e contra o Feyenoord jogamos com Ander Herrera na frente do quarteto defensivo com Morgan Schneiderlin e isso deu mais liberdade a Paul para ocupar espaços. Não é um problema com a sua posição, ele se sente confortável”, finalizou.