Liverpool encara instável Swansea visando encostar no pelotão de frente da Premier League

Com apenas um resultado positivo em seis jogos, time galeses querem fugir da degola; Liverpool quer seguir voando na competição, vindo de vitória sobre Hull City

Liverpool encara instável Swansea visando encostar no pelotão de frente da Premier League
Foto: John Powell/LFC/Getty Images
Swansea
Liverpool
Swansea: Fabianski; Rangel, Amat, van der Hoorn, Naughton; Britton, Cork, Routledge, Sigurdsson, Fer; Llorente. Francesco Guidolin.
Liverpool : Karius; Clyne, Klavan (Lovren), Matip, Milner; Henderson, Wijnaldum, Lallana; Coutinho, Firmino, Sadio Mané. Jurgen Klopp.
ÁRBITRO: Michael Oliver (ING)
INCIDENCIAS: Jogo válido pela sétima rodada da Barclays Premier League, que será realizado no Liberty Stadium

Dando continuidade a sétime rodada da Premier League 2016/17, o Swansea continua a jogar no Liberty Stadium. Desta vez, o adversário é o Liverpool, em duelo que será realizado neste sábado às 8h30. O clube galês segue tentando ficar fora da zona de rebaixamento enquanto os reds querem consumar de vez o seu nome como candidato ao inédito título inglês na nova fase.

Após vencer na rodada inaugural, o time comandado por Francesco Guidolan não sabe mais o que é ganhar na competição. São quatro derrotas em cinco jogos. Pelo lado vermelho do confronto, a euforia pode ser notabilizada pela goleada aplicada no Hull City e em vitórias sobre Chelsea e Arsenal fora de casa.

Jurgen Klopp segue sem contar com Gomez e Ojo. Origi teve problemas musculares durante a semana e ficará de fora da partida. Guidolin também segue com desfalques. O zagueiro argentino Federico Fernandez e o meia Dier seguem de molho no departamento médico.

O último duelo entre as equipes é de boas lembranças para os donos da casa. No campeonato inglês, o Swansea bateu o Liverpool por 3 a 1 no dia primeiro de maio. No geral, o confronto segue com ampla vantagem para a equipe scouser. São oito jogos, com seis vitórias do Liverpool, um empate e o revés da última temporada.

Guidolin corre riscos se mantiver sequência ruim

São apenas quatro gols em seis jogos. Uma vitória nesses 540 minutos jogados. Nem de longe o Swansea representa a equipe que fez boas participações na Premier League nas últimas temporadas. A equipe sofre com problemas em todas as áreas do campo. O italiano Francesco Guidolin já começa a sofrer pressões para melhor resultado. Em entrevista, o técnico afirma que isso é irrelevante no momento, que a equipe importa mais.

"Não sei dizer, talvez (sobre possível demissão após derrota na 7° rodada). Mas se vencermos no sábado e na rodada antes da data Fifa, não vai mais ser falado sobre minha situação no cargo. Isso não importa, o que importa é a posição do Swansea e temos de obter um bom resultado", qualificou.

O lateral direito Angel Rangel reforçou o mau momento da equipe e quer que, além de vencer o Liverpool, mostrar que a equipe pode apresentar um futebol bonito, enchendo os olhos do torcedor. "Queremos jogar futebol bonito e marcar gols. Nossa torcida merece isso, eles mostraram que estarão com nós durante toda temporada na partida contra o City."

Segundo Rangel, a equipe precisa mostrar consistência e vencer uma partida em casa, fato que ainda não ocorreu durante a competição. "Nos jogos contra o Manchester City, a equipe deu sinais de melhores. É empenhado nestes sinais que devemos nos impor na partida com o Liverpool", encerrou.

Momento do Liverpool é melhor com Klopp tendo mais tempo para trabalhar

A fase poderia ser melhor não fosse a derrota para o Burnley na segunda rodada. Porém, o Liverpool já mostrou recuperação e começa de vez a empolgar seus torcedores. A equipe é 5° colocada com 13 pontos. São quatro vitórias em seis jogos e tem o segundo melhor ataque da competição com 16 gols. Na era Klopp, a equipe já marcou 71 gols na Premier League, no entanto, o time ainda tem que melhorar na defesa. A última vez que não sofreu gol fora de Anfield foi na temporada passada, quando goleou o Crystal Palace por 6 a 0.

Jurgen Klopp sabe do momento a favor do Liverpool, mas liga o alerta para a dificuldade de enfrentar o Swansea na sua casa. "Nós vamos estar preparados para este jogo. Sabemos da qualidade do Swansea e perdemos para eles lá na última vez. Tivemos que mexer muito no time naquela ocasião e o resultado nos custou muito. Desta vez, não temps desculpas, tivemos tempo para analisar e nos preparar", enfatizou.

"Neste momento temos que ficar no caminho certo e fazer o que temos de fazer e tentar forçar o nosso adversário a cometer erros para que eles não possam executar plano. É assim que funciona. Temos alguns desafios. Nós mostramos nossas habilidades de futebol e agora temos que trabalhar. Trata-se de consistência.", concluiu o técnico alemão.

A dupla ofensiva brasileira do Liverpool, Philipe Coutinho e Roberto Firmino, já caíram no gosto do torcedor inglês e a cada partida que passa, a sintonia entre ambos parece ser a melhor possível. Na vitória por 5 a 1 sobre o Hull City, os dois comemoraram o gol marcado pelo camisa 10 com a música "Fala aqui com a minhã mão", do forrozeiro Wesley Safadão. De acordo com Coutinho, já havia sido combinado. "Foi ideia do Firmino, é uma música lá do Brasil e que nós escutamos bastante e quem marcasse, faria a comemoração em Anfield", afirmou.

Dentro e fora dele, os dois mantém o entrosamento e sabem que isso só tem a contribuir para o time de Merseyside. "Eu gosto de jogar com ele e somos amigos íntimos. Saímos juntos com Lucas e com o Moreno. Firmino é um jogador impecável e sempre trabalha para melhorar. Se adaptou rápido e agora é um jogador imprescindível para o nossa esquema tático e todos veêm como ele é importante para nós".