Polícia de Londres investiga perseguição de motociclistas armados a atacante Andy Carroll

Inglês estava voltando para sua casa do centro de treinamento e teve arma apontada para si em uma tentativa de assalto

Polícia de Londres investiga perseguição de motociclistas armados a atacante Andy Carroll
Foto: Shaun Botterill / Getty Images

Por volta das 12h45, horário local, desta quarta-feira (2), a polícia de Londres foi chamada do centro de treinamento do West Ham, com alegações de que motociclistas armados estavam seguindo o atacante do time Andy Carroll quando o inglês retornava para sua casa Os suspeitos chegaram a aponta uma arma ao jogador, mas o ex-Newcastle conseguiu fugir, voltando ao local dos treinos do clube e de lá fez a ligação. Nesta quinta-feira (3), porém, o treinador do clube, Slaven Bilic, defendeu seu comandado.

A polícia local já tomou frente da investigação, que também conta com ameaças dirigidas ao ex-atacante do Liverpool. É válido lembrar também que o atleta está se recuperando de lesão no joelho, da qual impediu que ele entrasse nos gramados na atual edição da Premier League. Andy tem 38 partidas como titular em três anos com os Hammers.

Na coletiva semanal desta quarta-feira, o técnico do clube, Slaven Bilic, comentou o assunto defendendo o atleta e argumentando sobre a segurança. "O que ele vai fazer? Não fez simplesmente nada de errado. Saiu do centro de treinamento e foi pra casa, quando decidiu voltar. Ele foi parado a alguns minutos da sua casa, então o que pdoeria ter feito? O que os atletas têm que fazer? Viver vidas privadas com 10 seguranças os seguindo?", questionou.

O técnico ainda ficou do lado dos atletas que decidem ter vidas normais, se enturmar com torcedores e tudo mais. "Mais uma vez... o que eles [atletas] vão fazer? Não vão mais a loja de doces, supermercados ou dirigir seus carros? É complicado. Eu, particularmente, acho importante que os jogadores tetnem viver vidas pessoais normais, mesmo sabendo dos riscos que pode vir a ter", falou. 

Segundo o croata, Carroll se apresentou normal e com bom humor aos treinos desta quinta-feira. 

O West Ham continua sua fase atual em busca de fugir da parte debaixo da tabela neste fim de semana, quando recebe o Stoke City pela Premier League.