Ibra quebra jejum de quase um mês, United 'sai da seca' e bate Swansea fora de casa

Pogba abre o placar com golaço e Ibra estufa as redes em duas oportunidades; comandados de José Mourinho não venciam na Premier League desde o dia 24 de setembro

Ibra quebra jejum de quase um mês, United 'sai da seca' e bate Swansea fora de casa
Foto: Athena Pictures/Getty Images
Swansea
1 3
Manchester United
Swansea: Fabianski; Rangel, van der Hoorn, Mawson e Kingsley; Ki, Britton (Fer, min. 70'), Routledge (Barrow, intervalo) e Sigurdsson; Lorrente (Montero, intervalo) e Borja
Manchester United: De Gea; Young, Jones, Rojo e Darmian; Carrick, Fellaini, Pogba (Fosu-Mensah, min. 90+4') e Juan Mata (Lingard, min. 81'); Rooney (Schneiderlin, min. 89') e Ibrahimovic
Placar: 0-1, min. 15' Pogba 0-2, min. 21' Ibrahimovic 0-3, min. 33' Ibrahimovic 1-3, min. 69' van der Hoorn
ÁRBITRO: Neil Swarbrick (ING) | Cartões Amarelos: Ibrahimovic (min. 76'), Juan Mata (min. 80')
INCIDENCIAS: Partida válida pela 11ª rodada da Premier League 2016/17, realizada no Liberty Stadium, País de Gales

Deixando a derrota para o Fenerbahçe no meio de semana pela Europa League para trás, o Manchester United visitou o Swansea neste domingo (6) no Liberty Stadium, em confronto válido pela décima primeira rodada da Premier League.

Com dois gols de Ibrahimovic e um golaço de Pogba, os visitantes enfim reencontraram o caminho das vitórias e derrotaram o adversário por 3 a 1 - os Red Devils não venciam no campeonato inglês desde o dia 24 de setembro, na goleada por 4 a 1 diante do campeão Leicester City. O zagueiro van der Hoorn descontou para os donos da casa.

O resultado colocou o United na sexta colocação com 18 pontos - subindo duas posições em relação a rodada anterior. Já os galeses ocupam a vice-lanterna da Premier League com apenas cinco pontos conquistados.

Com a Data Fifa no próximo final de semana, as equipes retornam a campo apenas no sábado (19). O United recebe o Arsenal em Old Trafford às 10h30, enquanto os Swans visitam o Everton no Goodison Park às 13h, ambos no horário de Brasília.

Pogba abre o placar com golaço e Ibra marca duas vezes ainda no primeiro tempo

A sensação era de preocupação por parte dos torcedores do United. Em má fase, a escalação com YoungJones, Rojo e Darmian no back-four ainda deixou o cenário ainda mais perigoso; além disso, o sempre criticado Fellaini compunha um lento setor central sem pontas de velocidade. Porém, o desenrolar do confronto demonstrou o contrário.

Pressionando em seu campo de ataque e valorizando o controle da bola, os visitantes abriram o placar logo aos 15' com um golaço de fora da área de Pogba. O gol do francês tranquilizou seus companheiros, que conseguiram demonstrar um excelente futebol na primeira etapa.

Sem marcar desde o dia 10 de setembro - na derrota para o Manchester CityIbrahimovic foi enfim capaz de estufar as redes, e desta vez em duas oportunidades. A primeira, aos 21', finalizou rasteiro de fora da área; doze minutos depois, limpou o marcador na grande área e bateu sem chances para Fabianski.

Com pouco tempo no relógio, os comandados de José Mourinho - suspenso e fora da sideline, não foram pressionados e se dirigiram ao vestiário com uma ampla vantagem no marcador.

Momento da finalização de Pogba; chute indefensável para Fabianski | Foto: Athena Pictures/Getty Images
Momento da finalização de Pogba; chute indefensável para Fabianski | Foto: Athena Pictures/Getty Images

Swansea diminui, mas United garante três pontos

Com o resultado bastante favorável, os visitantes entraram para o segundo tempo com menor intensidade em relação a primeira etapa. Sem sustos, a equipe comandava as ações no setor central e não era ameaçado.

O cronômetro marcava quase 70' quando os donos da casa enfim aproveitaram uma oportunidade. Após falta na entrada da área, o zagueiro van der Hoorn cabeceou em direção à meta de De Gea e diminuiu o marcador no País de Gales. Na sequência, os Swans ensaiaram uma pressão, mas nada criativo para levar real perigo ao goleiro adversário.

Após a leve pressão dos anfitriões, o United apostou na velocidade de Lingard para os contra-ataques, que entrou no lugar de Juan Mata. A alteração não afetou tanto no decorrer do confronto, que chegou ao seu fim com os visitantes coquistando enfim mais três pontos após mais de um mês sem vencer na Premier League.

Jogadores comemoram segundo gol do United; enfim, vitória na Premier League | Foto: Athena Pictures/Getty Images
Jogadores comemoram segundo gol do United; enfim, vitória na Premier League | Foto: Athena Pictures/Getty Images