Bellerín assina novo contrato com Arsenal e acaba com esperanças do Barcelona

Lateral estava na mira dos catalões e do Manchester City; tempo do novo vínculo não foi revelado

Bellerín assina novo contrato com Arsenal e acaba com esperanças do Barcelona
Foto: Getty Images

Depois de muitos rumores sobre sua saída, e principalmente sua volta ao Barcelona, o lateral-direito Hector Bellerín renovou o contrato com o Arsenal e parece estar muito feliz com isso, assim como todos os Gunners. O site do clube londrino confirmou o acordo nessa segunda-feira (21), sem anunciar mais detalhes da negociação.

"Estou muito feliz de renovar meu novo contrato com o Arsenal! Obrigado a todos pelo apoio, e espero ter muitos anos de sucesso pela frente", postou o espanhol em sua página no Twitter.

Já no Facebook, Bellerín revelou a sua enorme empatia pelo clube que considera sua casa. "Muito mudou nos últimos cinco anos desde que eu cheguei no time. Essa é minha casa. O clube que me deu minha primeira oportunidade. O clube que vou ficar por muitos anos", escreveu.

Em 2011, Héctor se mudou de Barcelona para Londres, ainda jogando nas categorias de base. Porém, na temporda 2014/15, com a contusão de diversos laterais do time, teve sua oportunidade como titular e, desde então, é a primeira opção de Arsène Wenger ao escalar alguém na lateral direita.

No entanto, antes dessa renovação ser confirmada, os rumores eram que Bellerín seguisse o mesmo caminho que Cesc Fàbregas, e voltasse ao seu antigo clube, ainda mais com a saída de Daniel Alves do time catalão para a Juventus. Existiam boatos também sobre o interesse do Manchester City em Héctor, porém todos podem ser ignorados por mais alguns anos.

"Ele tem uma mentalidade fantástica e o Arsenal têm sido fantástico para Héctor também, porque ele passou por momentos difíceis na carreira e nós mantemos a fé nele", comentou Wenger sobre o jogador e sua contratação. "Nesse ponto, Héctor foi leal e prevê sua carreira aqui, o que eu acho uma excelente escolha para ele e para o clube. Todos saem ganhando com esse contrato", acrescentou o técnico.