Vitória recebe Bahia no Barradão em primeira partida da final do Baianão 2016

Na única partida entre as duas equipes no ano, o time rubro-negro saiu vitorioso

Vitória recebe Bahia no Barradão em primeira partida da final do Baianão 2016
Foto: Divulgação Bahia
Vitória
Bahia
Vitória: Fernando Miguel (Caíque); José Welison, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; William Farias, Amaral e Leandro Domingues; Marinho, Vander (Dagoberto) e Kieza. Vágner Mancini.
Bahia: Lomba; Tinga, Éder, Lucas Fonseca, João Paulo; Feijão, Danilo Pires, Juninho; Luisinho, Hernane, Edgar Junio (Thiago Ribeiro). Doriva.
ÁRBITRO: Anderson Daronco.
INCIDENCIAS: Partida de ida das finais do Campeonato Baiano 2016, a ser realizada no Estádio Barradão.

Nesse domingo (1º), Bahia e Vitória se encontrarão no Barradão pela primeira partida da final do Campeonato Baiano 2016. O jogo tem início previsto para as 16h e terá arbitragem de Anderson Daronco (Fifa/RS), eleito o melhor árbitro do último Campeonato Brasileiro.

No único confronto entre as duas equipes na temporada, o time rubro-negro saiu vitorioso pelo placar de 2 a 0, com gols de Vander e Tiago Real, em duelo realizado no dia 13 de março e disputado na Fonte Nova.

Nas semifinais, os comandados do técnico Doriva eliminaram o Fluminense de Feira de Santana com duas vitórias: 2 a 0 no jogo de ida e 2 a 1 na Fonte Nova. Já o time de Vágner Mancini também chegou a final com dois resultados positivos, 3 a 2 no interior baiano e 2 a 0 em Salvador.

Mancini esconde escalação e time ainda está indefinido

O Vitória teve campanha inferior ao seu maior rival, logo a primeira partida terá mando da equipe rubro-negra. Na competição estadual, o time de Vágner Mancini acumulou sete vitórias, duas derrotas e um empate.

Mancini confirmou, em sua entrevista pré-jogo, as ausências de Mattis e Maicon da decisão: “Mattis e Maicon estão fora do jogo. A relação inclui todos os outros. Todos estarão à disposição”.

No entanto, a presença do atacante Dagoberto, do goleiro Fernando Miguel e do meia Tiago Real, que recuperou-se de uma lesão na coxa, foram confirmadas na lista de relacionados.

O técnico do time rubro-negro preferiu não confirmar a escalação da equipe para a final, pois acredita que diante da importância da partida, os 11 escalados só devem ser mostrados a público pouco antes do começo do confronto. “Não está definido. Será definido momentos antes do jogo. Jogo que decide campeonato, será importante para as equipes, e por isso e escalação sairá momentos antes do jogo”, declarou.

As principais armas do Vitória são Marinho e Kieza. O meia ex-Cruzeiro vem fazendo uma grande temporada e contra o Naútico-RR marcou duas vezes na primeira partida e três na volta. Já Kieza retornou a Bahia e continua com o mesmo faro de gol de antes de sua saída.

Doriva nega favoritismo e pede atenção especial a Marinho

O Bahia teve a melhor campanha da primeira fase do Baianão 2015 e tem a vantagem de empatar duas vezes e conquistar o título. O time de Doriva só perdeu para o Vitória na competição.

O artilheiro Hernane foi confirmado pelo técnico Doriva: “O próprio Hernane trabalhou, está bem, superando as dores que limitavam seus movimentos. É um jogador importante, e a gente espera contar com ele”.  Todavia, Doriva não poderá contar com o zagueiro Gustavo, o volante Yuri, o atacante Mário e o meia Rômulo, que está com um estiramento na coxa.

O ex-técnico de Vasco e São Paulo negou qualquer favoritismo de sua equipe. “Discordo [que o Bahia é favorito]. Em primeiro lugar, em se tratando de um dérbi, clássico, não tem favorito. A história mostra isso, as equipes se superam. Não só aqui na Bahia, mas em todos os lugares. É um jogo que não tem favorito. Você tem que minimizar os erros, estar atento, focado, para não sofrer e se surpreender”, afirmou.

O treinador também pediu atenção especial a Marinho, um dos principais jogadores do time rival: “Marinho vem atravessando um momento bom. Temos que estar atentos. Jogador que joga mais pela direita, mas tem mais mobilidade. Quem estiver próximo dele tem que estar atento, sempre um marcando e um na sobra, porque é um jogador de velocidade. Temos que estar precavidos nesse sentido para neutralizar o jogo dele”.

Os jogadores que mais deverão levar perigo a meta dos donos da casa são Hernane, Juninho e Luisinho.