Atacante Gilsinho enaltece vontade do Atlético-GO diante do Náutico: "Foi fundamental"

Autor do primeiro gol do Dragão celebra boa atuação em partida que entrou como titular

Atacante Gilsinho enaltece vontade do Atlético-GO diante do Náutico: "Foi fundamental"
Foto: Divulgação/Atlético-GO

A vitória do Atlético-GO sobre o Náutico por 3 a 0, na tarde deste sábado (2), colocou a equipe na segunda colocação da Série B do Campeonato Brasileiro 2016. O Dragão tem os mesmos 28 pontos do líder Vasco da Gama, mas perde nos critérios de desempate. Conquistando o resultado com autoridade, a equipe goiana firma o pé na briga pelo acesso à Série A.

Novidade na escalação do treinador Marcelo Cabo, Gilsinho foi o autor do primeiro gol rubro-negro. Um belo chute de fora da área, que encobriu o goleiro do Timbu. A bola ainda bateu no travessão antes de entrar. Feliz pela boa atuação, tanto individual quanto coletivamente, o atacante comemorou a vontade da equipe durante os 90 minutos.

"Estava feliz por estar ajudando a equipe. O gol é importante, já que ainda não tinha marcado, mas, acima de tudo, temos de enaltecer a vontade e a disposição da equipe. Isso foi fundamental para que a gente conseguisse sair com a vitória", disse.

Apesar de vice-líder da Série B, o Atlético vinha sofrendo com a falta de eficiência na conclusão de jogadas. As vitórias vinham por placares apertados. No jogo deste sábado (2), a bola entrou na casinha mais vezes, dando tranquilidade ao time para praticar um futebol vistoso. Gilsinho citou que o placar elástico transformou o resultado, deixando-o mais bonito e espera que os jogos no Serra Dourada resultem em vitórias, que contribuirão na briga pelo acesso.

"Fizemos outros bons jogos. Hoje conseguimos um placar mais elástico, uma vitória mais bonita. Espero que possamos aproveitar os jogos dentro de casa e somar o maior número de pontos possível", comentou.

O Atlético-GO volta a campo no próximo sábado (9), às 16h, para encarar o rival Goiás, em clássico que será disputado no estádio Serra Dourada. A vitória ou, até mesmo, o empate, pode colocar o Dragão no topo da tabela, desde que o Vasco da Gama tropece diante do Brasil, de Pelotas/RS.