Novo Hamburgo bate Brusque e segue vivo na Série D do Brasileiro

Após vitória em casa, equipe gaúcha depende somente das próprias forças para continuar na competição; Catarinenses dependem de uma combinação de resultados para seguir na competição

Novo Hamburgo bate Brusque e segue vivo na Série D do Brasileiro
Comemoração após o gol (Foto: Divulgação / E.C Novo Hamburgo)
NOVO HAMBURGO
1 0
BRUSQUE
NOVO HAMBURGO: MATHEUS CAVICHIOLI; CELSINHO, VLADIMIR, JÚLIO SANTOS E JONATHAN; DANILO GOIANO, PRETO (BRIDA), JARDEL E RAMON (JUNINHO); SALDANHA E DIEGO VIANA (MAURO). TÉCNICO: BEN HUR PEREIRA
BRUSQUE: ZÉ CARLOS; MARCELO TCHE, CLEYTON, NEGUETI E AÉLSON; DAVID(RAFAEL), MINEIRO E CARLOS ALBERTO; ELIOMAR, PAULINHO(RODRIGUINHO) E TONY (ZULU). TÉCNICO: MAURO OVELHA
Placar: 1-0, 6/2ºT, SALDANHA
ÁRBITRO: GABRIEL MURTA BARBOSA MACIEL (MG), AUXILIADO POR BRENO RODRIGUES (MG) E MAGNO ARANTES LIRA (MG)
INCIDENCIAS: JOGO VÁLIDO PELA 5ª RODADA DA PRIMEIRA FASE DA SÉRIE D

Na tarde deste domingo (10), o time do Novo Hamburgo venceu mais uma partida, desta vez contra o Brusque (SC), por 1 a 0 no Estádio do Vale. O gol do time anilado foi marcado pelo atacante Saldanha.

Com a vitória, o Novo Hamburgo pulou para a segunda colocação do Grupo A15 da competição com sete pontos. Já o Brusque caiu para a terceira colocação do grupo, com seis pontos.

No primeiro tempo do jogo, o Novo Hamburgo teve um pênalti marcado em seu favor, porém o goleiro Zé Carlos defendeu a cobrança do meia Ramon, após a cobrança do penalti, o centroavante Diego Viana reclamou com o treinador Ben Hur Pereira, pois queria ele ter batido a penalidade. A equipe gaúcha teve as melhores chances do jogo, porem demonstrou dificuldades nas conclusões. O time de Santa Catarina teve um gol anulado de maneira correta.

Logo no início da segunda etapa, aos seis minutos, o atacante Saldanha, de cabeça, marcou o gol da vitória do Novo Hamburgo. Após o feito, a equipe do Brusque até tentou buscar o empate, mas os gaúchos se defenderam muito bem e garantiram os três pontos.

O Novo Hamburgo soube aproveitar muito bem a sequência de jogos que teve em casa. Venceu as duas partidas, a primeira contra o Madureira e a segunda contra o Brusque. Agora, o Nóia depende apenas de suas forças para avançar de fase na Série D do Campeonato Brasileiro.

Já o Brusque, além de ter que vencer ainda depende de um tropeço do próprio Novo Hamburgo, que joga fora de casa contra o JMalucelli (PR), na última rodada da primeira fase da competição. O Brusque recebe o Madureira (RJ) no encerramento do grupo.

Clube P J V E D GP GC SG

Classificação do grupo A15

JMalucelli (PR) 10 5 3 1 1 7 3 4
Novo Hamburgo (RS) 7 5 2 1 2 3 5 -2
Brusque (SC) 6 5 1 3 1 3 2 1
Madureira (RJ) 4 5 1 1 3 2 5 -3