Vila Nova encara embalado Ceará buscando se afastar da zona de rebaixamento

Motivado pela reinauguração do estádio, Tigre goiano aposta na força da torcida em partida diante do Vozão, que ocupa o G-4 e mira a liderança

Vila Nova encara embalado Ceará buscando se afastar da zona de rebaixamento
Vila Nova
Ceará
Vila Nova: Edson; Guilherme Teixeira, Reniê e Reginaldo; Jefferson Feijão, Marquinho, Robston, Jean Carlo e Marcelo Cordeiro; Fabinho e Moisés. Técnico: Guilherme Alves
Ceará: Everson; Eduardo, Valdo, Ewerton Páscoa e Thalysson; Baraka, Richardson, Felipe e Wescley; Bill e Serginho. Técnico: Sérgio Soares
ÁRBITRO: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016, a ser disputada no Onésio Brasileiro Alvarenga, popular OBA, em Goiânia, Goiás

A tarde deste sábado (22), em Goiânia, não reservará apenas um jogo de opostos na classificação. A partir das 16h, no novo estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, o popular OBA, o Vila Nova recebe o Ceará na reinauguração da casa do time alvirrubro, em duelo pela 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016.

Motivado pela festa no seu aconchego, o Tigre tenta deixar a má fase de lado e busca se distanciar ainda mais da zona de rebaixamento. O Colorado, que não perde há três partidas, vem embalado pelo empate por 2 a 2 com o Brasil de Pelotas, que o deixou na 12ª posição, com 21 pontos, quatro à frente do Bragantino, primeiro dentro do Z-4.

Já o Vozão está empolgado com o bom momento que vive no torneio, pois ocupa o G-4 e busca chegar a liderança, mesmo dependendo dos adversários diretos CRB e Vasco. No último sábado (15), em confronto no Castelão, o alvinegro derrotou o Criciúma pelo placar mínimo com gol solitário de Bill, que o deixou na 3ª colocação, com 30 pontos.

A arbitragem do embate será formada de um trio gaúcho e liderada por Jean Pierre Gonçalves Lima, aspirante à Fifa. Os auxiliares serão seus conterrâneos Maurício Coelho Silva Penna e Lúcio Beierssdorf Flor, integrantes do quadro da CBF. Essa será a terceira aparição do árbitro na Segundona, a primeira envolvendo as equipes.

Vila tem duas mudanças e reestreia no ataque

Para fazer valer a festa na inauguração do novo OBA, o Vila Nova vai a campo com três mudanças em relação ao time que começou diante do Brasil de Pelotas. Expulso contra o Xavante, o volante Victor Bolt é uma das baixas entre os 11, com Marquinho substituindo-o. Jefferson Feijão, que volta de contusão, retorna à ala direita e Maguinho fica à disposição entre os suplentes.

Com a mudança na cabeça de área, Jean Carlos fica isolado na zona de armação e Rafinha volta ao banco de reservas. Ainda lesionados, Gustavo Geladeira e Bruno Oliveira seguem no departamento médico e desfalcam o Tigre. Regularizado, o atacante Moisés fará a reestreia pelo Colorado e atuando com Fabinho, enquanto Patrick Leonardo e Caíque ficam como opção.

O estádio Onésio Brasileiro Alvarenga foi a casa dos goianos durante a Série C em 2015, quando sagrarão-se campeões, ainda que jogassem em apenas quatro duelos, válidos pela primeira fase. Para Guilherme Alves, treinador da equipe, a importância da partida é a motivação a ser dada ao grupo.

"Eles têm que entender que uma possível vitória é um divisor de águas. Se vencermos, chegamos a 24 pontos antes do final do primeiro turno e uma arrancada deixaria a campanha muito boa. De qualquer forma, a motivação tem que vir de dentro deles, pois são profissionais de futebol e com alto rendimento. Têm que estar sempre motivados para treinar e jogar", declarou o comandante.

Após eliminação, Ceará vai motivado pelo G-4

Eliminado na Copa do Brasil e focado na Série B, o Ceará tem os ditos titulares de volta ao time, buscando se consolidar cada vez mais no G-4 e seguir próximo à liderança. Para a partida contra o Vila Nova, no OBA, o Vozão não poderá contar como volante João Marcos, suspenso pelo terceiro amarelo.

Quem também não joga são os zagueiros Charles e Antônio Carlos, o lateral-esquerdo Zé Mário e o atacante Rafael Costa, vetados pelo DM. Valdo, que cumpriu suspensão diante do Criciúma, volta aos 11, com Ewerton Páscoa formam a zaga ao seu lado, já Baraka e Serginho são cotados para entrar na cabeça de área e na referência nas vagas dos desfalques.

O treinador do alvinegro, Sérgio Soares, se mostra bastante feliz com o momento que vive na competição, principalmente em duelos longe da torcida. Motivado pela boa fase, o técnico exalta a importância de vencer o Tigre, pois vai dar confiança nos confrontos contra os rivais diretos na briga pelo acesso.

"Tenho a melhor expectativa, pois temos boa perfomance fora de casa. São dois jogos seguidos longe de nossos domínios e precisamos ter boa postura, já que vai ser um ensaio para o segundo turno. Enfrentaremos os adversários diretos serão fora de casa e precisaremos nos preparar de agora", afirmou Sérgio.