Gerente de futebol do Volta Redonda explica planejamento do clube para 2017

Clube carioca disputará o Estadual e a Série C do Brasileirão no próximo ano; Leonardo Dinelli comentou diversos assuntos como novos patrocínios, além das chegadas e saídas de jogadores

Gerente de futebol do Volta Redonda explica planejamento do clube para 2017
Zada quer Voltaço forte para próxima temporada | Foto: Divulgação/Volta Redonda F.C.

A temporada 2017 do Volta Redonda será de novidades para o clube do Sul Fluminense. Após o título invicto da Série D do Brasileirão, a equipe buscará o acesso inédito à segunda divisão nacional, além da disputa do Campeonato Carioca nos primeiros meses do ano. O gerente de futebol Leonardo Dinelli, o Zada, explicou nesta sexta-feira (28) como está sendo feito o planejamento para a próxima temporada.

De acordo com o dirigente, o clube já vem negociando renovações e novas contratações. “Estamos em período de negociações com os atletas e nosso primeiro passo foi renovar com os jogadores que tínhamos interesse, como Márcio Paraíba, João Cleriston e Luís Gustavo que já renovaram”, afirmou Zada.

“Também estamos bem adiantados em relação à renovação do lateral Cristiano. Muitos receberam propostas vantajosas, mas mantemos nossas ofertas dentro do nosso orçamento. Fizemos tudo dentro do planejado, nem todos queriam continuar, mas estamos mapeando alguns atletas para substituí-los”, complementou.

A conquista da Série D serviu de vitrine para muitos atletas do Volta Redonda. “Já demos por encerrado as tentativas de renovação com o Dija Baiano e com o Marcos Júnior. Ambos já estão com pré-contrato assinado com outros clubes”, destacou Zada.

Além dos jogadores supracitados, o treinador Felipe Surian se despediu do clube e já está treinando o América-RN. Para seu lugar, o Voltaço contratou Cairo Lima. “Tenho conversas diárias com o Cairo, trocando experiências. Ele ainda está em Belo Horizonte porque não tem muitas coisas para ele fazer aqui por enquanto, com a sede fechada passando por reformas, além também dos campos. Mas ele está ciente de tudo e estamos montando nossa comissão técnica com o Cairo sendo a cabeça pensante”, enfatizou o gerente de futebol.

Com competições desde fevereiro até outubro no ano que vem – Carioca e Série C, o Voltaço busca um elenco com um bom número de jogadores. “Iremos contratar para toda a temporada, visto que os contratos anuais. Trazemos peças acreditando que não será um erro. Claro, temos sempre que ter plano B por questões de adaptação e lesão por exemplo. Temos perspectivas sobre os atletas e às vezes eles não correspondem”, completou Zada.

Zada espera auxílio do novo prefeito

Com o segundo turno batendo às portas na Cidade do Aço, o gerente de futebol afirmou que ambos apresentam propostas sólidas para o Volta Redonda, tanto Samuca Silva (PV) quanto Paulo Baltazar (PRB). “Ambos foram na sede e passamos um protocolo de intenções de tudo que temos em mente para o auxílio do Poder Público. Claro, de uma forma que não acarrete danos ou prejuízos; tudo dentro da normalidade, assim como outras prefeituras fazem tranquilamente. Os dois foram muito solícitos, nos atenderam bem e aos nossos pedidos”, argumentou o gerente de futebol.

De acordo com Zada, o clube foi novamente convidado para disputar o torneio de pré-temporada em Muriaé-MG, assim como na atual temporada. “A princípio os jogadores irão se reapresentar no dia 26 de dezembro, onde farão os primeiros exames médicos. A partir da virada do ano, iniciaremos a pré-temporada. Fomos convidados para Muriaé e dessa vez será um pouco mais longo. Estamos estudando para alinhar perfeitamente ao período de pré-temporada”, complementou.

Situação de Tiago Amaral é incerta

Artilheiro do último Campeonato Carioca com dez gols, o atacante Tiago Amaral disputou a Série C 2016 com o Cuiabá-MT, emprestado pelo Volta Redonda. O jogador tem contrato até o fim do próximo ano. “Tiago se valorizou muito, mas tem contrato a seguir. Ele está tentando uma valorização que é normal e natural. Mas não ficaremos com atleta que não queira vestir as cores do Voltaço. Se ele não se sentir a vontade, iremos criar situações para que seja feliz”, afirmou o dirigente.

Além disso, Zada também destacou as questões de patrocínio do Volta Redonda, ainda mais após o título da Série D. “Ainda nada sólido, mas algumas especulações. Claro que entendemos que temos uma marca mais valiosa, ainda mais com todos os jogos passando na TV paga. Isso pode trazer mais patrocinadores, mas buscamos parceiros que visem o projeto como um todo. Que seja nosso parceiro de modo geral, não simplesmente uma troca rápida de um jogo para outro. É neste perfil que estamos procurando”, finalizou o dirigente.

Tiago Amaral tem contrato com o clube até o fim de 2017 | Foto: Divulgação/Volta Redonda F.C.
Tiago Amaral tem contrato com o clube até o fim de 2017 | Foto: Divulgação/Volta Redonda F.C.