CRB perde em casa para Paysandu e se complica na briga pelo acesso

Com o triunfo time paraense por 1 a 0, Galo pode terminar a rodada já sem chances de subir à Série A

CRB perde em casa para Paysandu e se complica na briga pelo acesso
Foto: Douglas Araújo/Ascom CRB
CRB
0 1
Paysandu
CRB: Júlio César; Bocão, Flávio Boaventura, Gabriel (Neto Baiano, min. 73), Diego; Audálio, Galdezani, Roger Gaúcho (Éder Loko, min. 55), Magrão; Zé Carlos (Diego Jussani, min. 88) e Welinton Júnior Técnico: Mazola Júnior
Paysandu: Emerson; Jhonnatan, Fernando Lombardi, Gilvan, Ricardo Capanema; Raí (Mailson, min. 62), Augusto Recife, Leandro Cearense, Tiago Luís (Ilaílson, min. 80); Lucas e Cleyton (Celsinho, min. 82) Técnico: Dado Cavalcanti
Placar: 0-1, min. 70, Cleyton
ÁRBITRO: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO) Cartões Amarelos: CRB: Gabriel (min. 17), Roger Gaúcho (min. 22) Paysandu: Ricardo Capanema (min. 35), Augusto Recife (min. 65), Cleyton (min. 26)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016

A partida entre CRB e Paysandu, no Rei Pelé duelo pela 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016 nesta sexta-feira (11) era uma das últimas chances de manter o time alagoano na briga pelo acesso. Mas, em uma partida de propostas bem definidas, venceu a do Papão que conseguiu triunfar por 1 a 0 com gol de Cleyton.

Com a vitória o Papão chegou aos 46 pontos e ocupa agora o 13º lugar na tabela. Já o CRB parou nos 55 pontos e no sexto lugar está em situação difícil para conseguir o acesso a Série A. Na próxima rodada o CRB vai até Pelotas encarar o Brasil de Pelotas fora de casa no sábado (19) às 19h30, no mesmo dia só que às 17h30 o papão vai até Goiânia encarar o Vila Nova.

Com seis minutos, Galdezani cruzou para o meio e o goleiro Emerson afastou de soco o perigo no meio da área. O CRB seguiu melhor e teve mais uma oportunidade. Dessa vez Wellinton Júnior cruzou rasteiro e a bola passou por Zé Carlos e Roger Gaúcho que não conseguiram completar pr gol.

O time alagoano continuou dominando as ações do jogo e aos 23 minutos, Diego cruzou na área e a bola chegou em Roger Gaúcho que livre perdeu o gol de forma incrível.

Na segunda metade do cotejo os locais seguiram melhores, porém pararam na boa marcação da defesa visitante que praticamente se limitou a especular na intermediária defensiva e com o primeiro tempo terminando em 0 a 0.

A segunda etapa seguiu muito truncada. com o CRB tentando marcar o gol de qualquer maneira. mas sem muita criatividade enquanto os paraenses só se importavam em se defender e ficar na espera por uma oportunidade. Com 25 minutos a estratégia deu certo e Cleyton aproveitou a sobra e dominou a bola fora da área e soltou a bomba para abrir o placar.

Com 27 minutos, mais uma chegada do Papão. Dessa vez com Tiago Luís que bateu forte para boa defesa de Emerson. Depois disso, o time da casa se desesperou e não conseguiu criar boas chances para igualar o placar. No fim acabou prevalecendo a melhor organização defensiva dos paraenses que conseguiram se segurar e manter a vitória pelo placar mínimo.