Com time reserva, campeão Atlético-GO vence lanterna Sampaio Corrêa

Com título e o acesso garantido, Dragão mandou os reservas para o jogo contra o rebaixado Sampaio e venceu pelo placar mínimo no Maranhão

Com time reserva, campeão Atlético-GO vence lanterna Sampaio Corrêa
Atlético-GO vence lanterna Sampaio Corrêa com equipe reserva em campo. (Foto: Divulgação/Sampaio Corrêa FC)
Sampaio Corrêa
0 1
Atlético-GO
Sampaio Corrêa: Rodrigo Ramos; Guilherme Lucena (Vinícius Barata), Breno (Henrique), Mimica e Luiz Otávio; Diego Lorenzi, Éder Sciola, Hiltinho (Fernandinho) e Ruhan; Daniel Barros e Thiago Santos. Técnico: Flávio Araújo
Atlético-GO: Marcos; Jonathan (Bruno Barra), Thales, Lino e Raul; Silva, Caíque, Pedro Bambu, Luiz Fernando e Marquinho (Matheus Carvalho); Lucas Crispim (Edson Júnior). Técnico: Marcelo Cabo
Placar: 0-1 - Edson Júnior (24'min - 2º tempo)
ÁRBITRO: Felipe Duarte (ES) apitou a partida, auxiliado por Edson Glicério (ES) e Vanderson Antônio (ES)
INCIDENCIAS: 37ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2016, no estádio Castelão, em São Luís (MA)

Sampaio Corrêa e Atlético-GO já estão com seus destinos traçados para o próximo ano. A equipe maranhense irá disputar a terceira divisão nacional e a goiana irá para a elite do futebol mais uma vez. Foi assim que as duas equipes entraram em campo hoje, pela 37ª rodada do Brasileirão Série B, no Castelão, em São Luís (MA).

Sem mais coisas para brigar, já que tem o título garantido, agora com 73 pontos, o Atlético mandou a equipe reserva para o jogo e conseguiu vencer por 1 a 0 com gol do atacante Edson Júnior. O Sampaio Corrêa, lanterna e rebaixado com 27 pontos, se despediu do Castelão nessa Série B com derrota, a 20ª no campeonato. 

Na última rodada, ambas as equipes jogarão no estádio Olímpico, em Goiânia (GO), mas com adversários diferentes. O Sampaio enfrentará o Goiás, na terça-feira (22), ás 19h15, em uma partida em que ambos só irão cumprir tabela. Já o Atlético receberá o Bahia, que ainda briga pelo acesso, no sábado (26), ás 17h30.

Primeiro tempo morno no Castelão

Como nenhuma das equipes tinha mais objetivos em campo, a partida foi bem morna no primeiro tempo. A equipe do Sampaio Corrêa não se esforçava muito para ir atrás do resultado, mesmo jogando em casa, e o Atlético, com os reservas em campo, esperava o momento certo para mostrar trabalho.

A primeira chegada foi do time rubro-negro em finalização de fora da área que obrigou Rodrigo Ramos a fazer a defesa, e no rebote, Marquinho não conseguiu completar para a rede. O meia estava com vontade de mostrar serviço e minutos depois, tentou uma cabeçada para uma nova defesa do goleiro do Sampaio.

A primeira chegada de perigo do time da casa veio quase na metade do primeiro tempo em cobrança de falta de Guilherme Lucena, mas a bola foi pela linha de fundo. O Atlético respondeu com boa jogada de Luiz Fernando que serviu Thales para finalizar para o gol. Novamente, Rodrigo Ramos salvou os maranhenses.

Johnatan também tentou marcar em finalização de fora da área, mas a bola foi pra fora. Vendo seu time perdido em campo, o treinador Flávio Araújo teve que alterar sua equipe ainda no primeiro tempo tirando Hiltinho para a entrada do atacante Fernandinho. O Sampaio até ficou mais ofensivo, mas não demonstrou perigo ao gol de Marcos.

Edson Júnior marca seu primeiro gol e garante vitória

O segundo tempo foi retomado com o Sampaio Corrêa demonstrando mais vontade dentro de campo, mas ainda sem criar claras oportunidades de gol. A primeira chance na etapa final foi do Atlético com Lucas Crispim finalizando para boa defesa de Rodrigo Ramos.

Marcelo Cabo teve que alterar o time se quisesse ganhar a partida, e colocou o garoto Edson Júnior. Não demorou muito para o jovem atacante mostrar serviço, pois após bela troca de passes, ele saiu na cara do gol e bateu sem chances para Rodrigo Ramos. Foi o primeiro de Edson com a camisa atleticana.

Flávio Araújo também fez alterações na equipe, mas o Sampaio seguia sendo barrado pela defesa do Atlético, que estava bem postada em campo. Sobrou para o Dragão criar mais emoção no jogo quando Caíque arriscou chute cruzado e viu a bola passar perto do gol.

Nos minutos finais, o Sampaio Corrêa chegou finalmente com uma boa oportunidade quando Thiago Santos recebeu uma boa bola de Luiz Otávio, mas o chute cruzado foi pela linha de fundo. O goleiro Marcos mal teve que trabalhar durante toda a partida e assim seguiu até o final. Os poucos torcedores do Sampaio no Castelão saíram mais uma vez, decepcionados.