Meia Eduardo admite erros do América-MG após nova derrota: "Pecamos em algumas coisas"

Jogando mal, especialmente no primeiro tempo, equipe americana cedeu dois pênaltis ao Botafogo, fator decisivo para revés

Meia Eduardo admite erros do América-MG após nova derrota: "Pecamos em algumas coisas"
Foto: Divulgação/América-MG

A derrota contra o Botafogo por 3 a 1 na noite dessa quarta-feira (15) pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro 2016 colocou o América-MG na lanterna da competição, com apenas cinco pontos conquistados em oito partidas. Nem mesmo a formação tática mais defensiva implementada por Sérgio Vieira tem surtido efeito. A defesa do Coelho é a segunda mais vazada da competição, sendo 14 gols sofridos até aqui.

Comentando sobre a atuação americana, o meia Eduardo reconheceu que o primeiro tempo do time foi ruim e que, com o placar já dilatado, ficou difícil reverter o resultado na segunda etapa. "A gente fez um primeiro tempo muito ruim. Pecamos em algumas coisas que foram decisivas. Tentamos consertar no segundo tempo, fizemos o gol, mas não foi suficiente para buscar o empate.", analisou. Os erros surgiam, em sua maioria, logo na saída de bola. Acuada pela marcação em linhas altas, a equipe americana errava passes constante e deliberadamente.

Foram dois pênaltis cedidos ao Glorioso pelo sistema defensivo do América. Um pelo zagueiro Artur, ao derrubar Sassá que ganharia na velocidade e outro pelo goleiro João Ricardo novamente em cima do atacante botafoguense, ao ser por ele fintado. Os pênaltis custaram caro à equipe mineira que, mesmo após alterações ofensivas no intervalo, não teve poder de reação suficiente para sequer empatar o confronto.

O meia espera que o time absorva as lições tiradas do resultado negativo e já projeta a próxima partida, que será contra o Coritiba no sábado (18), às 21h, na Arena Independência. O confronto é de suma importância, uma vez que a equipe paranaense ocupa a 15ª colocação, com oito pontos. Segundo o jogador, é necessário que os erros sejam corrigidos, a fim de evitar uma nova derrota. "Agora temos que esquecer esse jogo, tirar algumas lições. Corrigir para o próximo jogo. A gente vai jogar em casa e tem que vencer", frisou.