Buscando se manter próximo aos líderes, Atlético-MG encara empolgado Sport

Seis pontos separam o Galo do primeiro colocado, Palmeiras; virada no clássico diante do Santa Cruz trouxe novo ânimo ao Leão

Buscando se manter próximo aos líderes, Atlético-MG encara empolgado Sport
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG
Atlético-MG
Sport
Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Erazo e Fábio Santos; Rafael Carioca, Júnior Urso (Lucas Cândido), Otero, Robinho (Carlos Eduardo) e Lucas Pratto; Fred. Técnico: Marcelo Oliveira.
Sport: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Rodney Wallace; Paulo Roberto, Neto Moura, Gabriel Xavier, Everton Felipe e Rogério; Ruiz. Técnico: Oswaldo de Oliveira.
ÁRBITRO: Thiago Duarte Peixoto (Asp. Fifa/SP). Auxiliares: Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (Fifa/SP) e Herman Brunel Vani (CBF-1/SP).
INCIDENCIAS: Partida válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016, a ser realizada na Arena Independência, em Belo Horizonte/MG.

Ciente do que deve fazer para se manter na disputa pelo título do Campeonato Brasileiro 2016, uma vez que seus adversários diretos já atuaram nesta 25ª rodada, o Atlético-MG recebe o Sport a partir das 19h30 desta terça-feira (15). O Galo precisa vencer para manter-se na caça de Palmeiras e Flamengo, os líderes do torneio. Para o Leão, cada bom resultado é um passo mais distante da briga contra o rebaixamento.

Quarto colocado com 42 pontos, o Atlético terá casa cheia no jogo desta noite. Vencer significa permanecer no encalço do líder Palmeiras, que tem 48 pontos, e do segundo colocado, o Flamengo, que tem 47. Vindo de uma goleada desastrosa diante do Fluminense por 4 a 2, o alvinegro espera que este episódio seja um "ponto fora da curva".

Em 13º lugar, com 30 pontos, o Sport precisa da vitória para manter uma margem de distância segura da zona de rebaixamento. A primeira equipe dentro do Z4 é o Internacional, que tem 27 pontos. A virada espetacular no Clássico das Multidões, diante do Santa Cruz, por 5 a 3, mostrou a força que um leão tem para lutar nos momentos mais difíceis.

Em momento importante, DM do Galo vai se esvaziando e as opções aumentam

A derrota acachapante diante do Fluminense na últma segunda-feira (12) assustou time e torcida, afinal de contas, quem quer ser campeão tem de ter como base de sua campanha a regularidade. Para o duelo desta noite, o técnico Marcelo Oliveira tem três retornos importantes. Liberados pelo departamento médico, Marcos Rocha, Erazo e Cazares estão relacionados e são opções para entrar no decorrer da partida.

Porém, também há uma baixa. Maicosuel, que sofreu um leve estiramento na parte posterior da coxa esquerda, fica fora do jogo. Analisando a partida desta quinta, o treinador do Galo trata o confronto como decisivo e espera que o time desenvolva uma campanha sólida daqui para frente.  “Uma grande decisão para nós, uma grande final. Tenho certeza que vai acontecer muita adversidade, muito tropeço nesse campeonato ainda. São 42 pontos a serem disputados e o Atlético tem que criar uma regularidade.”, declarou.

Os 23 jogadores relacionados por Marcelo Oliveira são:

Goleiros: Uilson, Victor, Giovanni;

Laterais: Marcos Rocha, Fábio Santos, Adson, Leonan;

Zagueiros: Erazo, Leonardo Silva, Gabriel, Ronaldo;

Meio-campistas: Rafael Carioca, Lucas Cândido, Yago, Júnior Urso, Cazares, Otero, Carlos Eduardo;

Atacantes: Fred, Hyuri, Robinho, Pratto, Clayton.

Pegando fôlego, Leão quer rugir alto em Belo Horizonte

A fase não era boa: três jogos sem vitória, desconfiança vinda das arquibancadas e incerteza quanto ao futuro no Brasileiro. Veio o clássico diante do Santa Cruz, começo assombroso. Mas, como manda a história de um animal que tem a luta no sangue, o Leão buscou uma virada épica e venceu por 5 a 3. O resultado serviu para mostrar que sempre há uma saída em meio ao caminho tortuoso.

Para o jogo desta noite, o técnico Oswaldo de Oliveira tem duas baixas relevantes. Diego Souza, suspenso, e Rithely, poupado devido ao desgaste das últimas partidas, estão de fora. Quem retorna de suspensão é Gabriel Xavier. Na útima atividade antes da viagem para BH, o comandante rubro-negro testou a entrada de Everton Felipe no time pelo lado direito do campo, deslocando Ruiz para o centro do ataque.

Comentando sobre o adversário, o "multifunção" Rodney Wallace elogiou o setor ofensivo do Atlético-MG e lembrou que o rubro-negro precisa ter o máximo de atenção. "Eles possuem uma equipe forte na parte ofensiva e temos que ter cuidado com isso. Sabemos que temos que ter atenção máxima, pois o Atlético é uma equipe de qualidade e tem um ataque poderoso", disse.