Leandro Donizete retruca Jesus: "Quero ver quando ele for para a Inglaterra"

Jogadores se desentenderam no jogo da última quinta-feira, no Independência; atacante do Palmeiras está acertado com o Manchester City

Leandro Donizete retruca Jesus: "Quero ver quando ele for para a Inglaterra"
Donizete em ação contra o Palmeiras (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

O volante Leandro Donizete retrucou a declaração do atacante Gabriel Jesus devido à confusão no empate por 1 a 1 entre Atlético-MG e Palmeiras, na noite dessa quinta-feira (17), no Independência. Chamado de “cuzão” pelo palmeirense, o atleticano respondeu o jovem atacante.

Quem tem boca fala o que quer. O que acontece ali dentro, fica ali dentro. A gente fica nervoso, um empurrar o outro, acaba acontecendo, uma mãozada ou outra. Eu também levei mãozada na cara, nem sei se a minha mão pegou nele”, disse Donizete depois da partida, em entrevista à ESPN.

O camisa 8 do Atlético continuou se defendendo. “O Cuca me conhece bem, eles vieram me xingando. Quando eu ia fazer um dois, a mão vinha no meu rosto. Ele me xingou, xinguei ele também”, explicou Donizete.

Antes, em entrevista ao canal SporTV, Gabriel Jesus havia dito que nenhum adversário gosta das atitudes de Leandro Donizete dentro de campo. O atacante também afirmou que o volante, de 34 anos, parece moleque. Donizete, por sua vez, se defendeu e ainda provocou o jovem.

Se ninguém gosta de mim, problema é deles. Não estou aqui para gostarem de mim; estou aqui para fazer meu trabalho. Jogo futebol há 15 anos e nunca machuquei ninguém. Quero ver quando ele for para a Inglaterra, se ele vai reclamar de marcação forte”, disparou Donizete.

Gabriel Jesus está acertado com Manchester City e irá para o clube inglês em janeiro.

Entenda o lance

Tudo começou quando Jean cometeu falta em Robinho. O atacante do Atlético se levantou, pegou a bola das mãos de Tchê Tchê e tentou cobrar a infração rapidamente. O árbitro Bráulio da Silva Machado não deixou, e Donizete, revoltado, foi contestar. Os jogadores do Palmeiras não gostaram da atitude do volante alvinegro e deu-se início à confusão.

Gabriel Jesus, então, foi para cima de Donizete e tentou lhe acertar um soco. Donizete ficou enfurecido e tentou partir para cima do atacante. O atleticano precisou ser contido por Luan. Jesus também precisou ser segurado pelo capitão do Palmeiras, Dudu, e o Robinho. Por fim, Jesus e Donizete foram punidos com o cartão amarelo.