Para Doriva, a derrota do Bahia deverá servir como aprendizado para os atletas

Na noite desta terça-feira (14), o Tricolor amargou uma derrota fora de casa contra o Criciúma

Para Doriva, a derrota do Bahia deverá servir como aprendizado para os atletas
Treinador viu o time deixar uma vitória importante escapar (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Podendo se firmar na segunda colocação da Série B do campeonato brasileiro, o Bahia tropeçou fora de casa contra o Criciúma e encerrou a nona rodada na terceira colocação, a cinco pontos do líder, Vasco da Gama. Para Doriva, a derrota foi ainda mais dolorosa pela superioridade que o Tricolor teve em alguns momentos, podendo, inclusive, marcar o terceiro gol.

A equipe baiana saiu na frente por duas vezes e viu os catarinenses empatarem e virarem o jogo. Apesar de levar três gols – Marcelo Lomba segurou um pênalti do que seria o terceiro gol do Criciúma –, o treinador Doriva acredita que a ineficiência do ataque foi crucial para a derrota.

– Tivemos ocasiões para matar o jogo. Série B é assim. Temos que aprender, tirar lições desse jogo. Quando temos ocasião em um jogo como esse, temos que matar. Se a gente faz o terceiro gol, fatalmente ganha a partida. Não conseguimos ser contundentes. Sofremos o empate e em bola parada, segunda bola, a bola foi e voltou, tomamos o gol – disse o treinador.

O técnico lamentou a oportunidade do Bahia vencer uma equipe sólida em casa. “O Criciúma é muito forte aqui. Série B é assim, dificuldade. Lamentamos a derrota. Temos que fazer pontos nessas ocasiões. Poucas equipes vão fazer pontos aqui pelo volume que o Criciúma impõe, a equipe está de parabéns. Tivemos essa oportunidade. Lamentamos a derrota, mas tem que erguer a cabeça. Não dá para ficar lamentando. Temos que reagir rápido”, encerrou Doriva.

O próximo confronto do Bahia será em casa, na Arena Fonte Nova, às 16h do sábado (18), e o Tricolor encara o Londrina pela décima rodada da Série B. Para o confronto, Doriva não poderá contar com os suspensos Renato Cajá e Feijão.