Interino mostra confiança em Guto e no elenco, mas lamenta: "Falta confiança"

Aroldo lamentou nova derrota, demonstrou confiança no novo técnico e elogiou elenco do time baiano

Interino mostra confiança em Guto e no elenco, mas lamenta: "Falta confiança"
Moreira sente a falta de confiança do time (Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / E.C Bahia)

Nessa sexta-feira (24), o Bahia chegou à quarta derrota consecutiva na segunda divisão do Brasileirão. O time baiano foi derrotado por 2 a 1 pela equipe do Brasil de Pelotas, que não vencia há três rodadas, em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os gols do jogo foram marcados por Teco, Felipe Garcia e Marlon contra. Com o resultado adverso, o tricolor baiano caiu mais duas posições e agora ocupa a nona colocação, com 17 pontos ganhos.

O Bahia anunciou nessa sexta-feira a contratação do seu novo técnico: Guto Ferreira, ex-Chapecoense. Após o término da partida, Aroldo Moreira, treinador interino do clube baiano, mostrou confiança no trabalho que será desempenhado por Guto: “A gente poderia ter um resultado melhor. De todas as formas, é importante recuperar os jogadores e esperar que o professor Guto chegue o quanto antes. Na minha avaliação, a gente tem qualidade. Agora é passar as informações para o professor Guto. Ele, experiente, vai fazer um grande trabalho. Eu acredito nisso”.

Moreira também demonstrou tristeza pelo momento vivido pelo Bahia, que há poucas rodadas ocupava o G4 da competição e apresentava uma crescente, interrompida com as quatro derrotas em sequência. “Eu vim nessa situação, porque sou um funcionário do grupo, tenho três anos no clube, tenho um carinho muito grande. Dei meu melhor. Fui recebido muito bem. Se pegar aqui, o Hernane é artilheiro, Régis e Cajá, se não estou enganado, é a primeira vez que jogam juntos. Temos Lomba, que é um ótimo goleiro, temos bons zagueiros, temos um ótimo elenco. O que falta é a confiança, que não se compra na farmácia. A confiança vem com o triunfo. Tentei de todas as formas hoje, acho até que melhorou o time. Conseguimos o empate, mas quando você está em um momento complicado”, disse o interino.

Hernane, Jackson, Edigar Junio e Tinga foram desfalques no jogo dessa sexta-feira (24). Aroldo lamentou o fato, reafirmou a confiança que tem no elenco do tricolor e afirmou que diante do Oeste, na próxima terça-feira (28), o Bahia começará sua recuperação. “Nossa equipe tem que ter tranquilidade, recuperar os jogadores machucados. Sem nosso artilheiro, Hernane, sem Edigar Junio, sem Tinga, sem Jackson. São jogadores que vão encorpar o time, que é um time bom. Momento ruim, vamos virar a chave. Não tenho dúvida que vamos dar a resposta na terça. Confio na qualidade dos jogadores. Esse é um grupo diferente. De repente, o momento ruim está indo embora e, daqui para frente, as coisas vão melhores, com fé em Deus. Temos objetivo, o foco aqui é só um: subir para a Primeira Divisão”, declarou Moreira.

Marcelo Sant’Ana, presidente do Bahia, também falou sobre a nova derrota e afirmou: “A gente tem que resolver dentro de casa. Não adianta ficar dizendo um ou outro. A gente tem que se cobrar lá dentro e responder dentro de campo”.