Bahia recebe Paraná mirando emplacar sequência positiva

Tricolor recebe a equipe paranaense após grande vitória sobre o Avaí fora de casa, enquanto o Paraná foi derrotado nos seus domínios pelo Brasil de Pelotas na Série B

Bahia recebe Paraná mirando emplacar sequência positiva
Guto não vê a hora de uma sequência positiva. Foto:Felipe Oliveira / EC Bahia
Bahia
Paraná
Bahia: Muriel; Moisés, Jackson, Tiago e Eduardo; Luiz Antônio, Juninho e Renato Cajá; Allano, Edigar Junio, Hernane. Guto Ferreira.
Paraná: Marcos; Leandro Silva, Leonardo, Alisson e Rafael Carioca; Anderson Uchoa, Claudevan, Cristian e Murilo Rangel (Válber); Robson, Fernando Karanga. Marcelo Martelotte.
ÁRBITRO: Nielson Nogueira Dias, auxiliado por Marcelino Castro de Nazaré e Bruno César Chaves Vieira, todos de Pernambuco.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 21ª rodada do Brasileirão Série B, a ser disputada na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Nesse sábado, às 18h30, o Bahia recebe o Paraná na Arena Fonte Nova, em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O jogo colacará frente a frente equipes que estão separadas por sete posições, porém por apenas dois pontos, tendo o Bahia 28 pontos e a equipe paranaense 26 pontos conquistados. O duelo do primeiro turno, ocorrido na Vila Capanema, terminou empatado e sem gols.

Na última rodada, o tricolor baiano venceu a equipe do Avaí por 3 a 0, em plena Ressacada, com gols de Edigar Junio, Hernane e Tiago. Enquanto o Paraná foi derrotado em casa pelo Brasil de Pelotas por 2 a 0, com gols marcados por Ramon e Felipe Garcia.

Após boa vitória no Sul, Bahia quer vencer em casa

No último sábado (20), o Bahia surpreendeu a equipe do Avaí em Florianópolis com a vitória por 3 a 0. Com o resultado positivo a equipe de Guto Ferreira chegou aos 28 pontos e voltou a se aproximar do pelotão da frente. Desde a chegada do novo técnico, a equipe baiana nunca conseguiu ter uma grande sequência, sofrendo alguns reveses na Fonte Nova, o objetivo é por fim a esses resultados negativos em Salvador.

Para a partida, 21 jogadores foram relacionados por Guto. Anderson, goleiro que foi anunciado no meio da semana e já regularizado pela Cbf, e Feijão, que volta de suspensão, estão entre os escolhidos.

Guto quer a equipe da mesma forma que se apresentou diante do Avaí, mostrando que o grupo está unido: “Nessa partida agora, nós temos que seguir dentro da mesma linha de competição. Quem vai entrar para fazer esse trabalho, amanhã o pessoal vai saber. Garanto para vocês que não tem muita coisa a ser mudada, mas não vou revelar. Na minha cabeça já está decidido. Na cabeça dos jogadores acredito que esteja também. Quem quiser saber realmente vai estar na Fonte Nova amanhã”.

O técnico também pediu uma sequência, afirmando que o jogo desse sábado (27) é um dentre muitos importantes. “Não é essa partida só, é essa e as próximas. Precisamos jogar cada jogo como uma final, temos uma corrida de recuperação a ser feita. Conseguimos fazer um bom jogo em Florianópolis, vencer bem, com consistência, mas acontece que já passou. A rodada já começou, a pontuação já andou, e precisamos seguir vencendo para conquistar nossos objetivos”, disse Guto.

Ele também falou sobre seu adversário, time que enfrentou quando ainda comandava a Chapecoense, pela Copa do Brasil: “O time do Paraná eu já enfrentei na Copa do Brasil, era outro treinador, mas é uma equipe que, até pela sequência de competições, amadureceu também. Foi muito difícil jogar contra eles, é uma equipe rápida, competitiva, que marca forte e tem uma saída muito rápida.”

O treinador também pediu apoio da torcida na Fonte Nova. “Contar com o apoio do torcedor sempre, a parceria vai ser sempre um combustível para que a gente possa conseguir atingir os nossos objetivos”, afirmou.

Com medo do Z4, Paraná quer pontuar em Salvador

O Paraná foi derrotado dentro dos seus domínios na última rodada, quando perdeu de 2 a 0 do Brasil de Pelotas. A equipe paranaense tem 26 pontos conquistados, apenas dois a menos que o seu rival de sábado (27), o que pode levar o time de Martelotte a ultrapassá-lo em caso de vitória.

Marcelo Martelotte pode promover quatro mudanças para a partida desse sábado. Leandro Silva pode entrar na lateral, Claudevan e Cristian no meio campo, além da volta de Valber, que estava lesionado. Enquanto Jean, que era titular absoluto de Martelotte, acertou-se com o Corinthians e deixa o clube.

O treinador confirmou que a tendência do time ser escalado dessa maneira é grande: “A tendência é essa, que a gente tenha a participação desses jogadores, com um meio campo mais forte. Entendemos que precisamos de mais combatividade nesse setor do campo. Demos muito espaço para o nosso adversário na última partida. Vamos buscar esse tipo de solução dentro do nosso elenco”.

Martelotte também falou sobre a possibilidade de uma possível chegada ao Z4. “Falar em zona de rebaixamento, não. A gente sempre pensa em pontuação e em vitória para qualquer que seja a situação. Você tem a mesma necessidade de vitória se você estiver buscando os quatro primeiros colocados ou se estiver buscando fugir de uma situação incômoda no fim da tabela. O que a gente precisa é se concentrar bastante na sequência de jogos para que os pontos venham e se coloque em uma posição mais cômoda, podendo pensar em objetivos maiores”, disse o técnico.