Ceará 2016: Vozão quer esquecer Série B do ano passado e início de ano irregular

Ceará 2016: Vozão quer esquecer Série B do ano passado e início de ano irregular
Ceará 2016: Vozão quer esquecer Série B do ano passado e início de ano irregular

Esquecer. É isso que a diretoria, elenco e torcida do Ceará quer fazer com a Série B do ano passado e com o início de 2016 bastante irregular. Relembrar o 2015 para o Vozão é bom se você considerar o ano até abril, quando o clube foi campeão da Copa do Nordeste. Depois disso, apenas decepção para o torcedor alvinegro.

Perda de título para o maior rival no Campeonato Cearense e campanha extremamente fraca na Série B do ano passado. Esse foi o resto do ano do Ceará após o mês de abril. Com isso, o torcedor espera que 2016 seja diferente, mas seu início foi ainda mais decepcionante, com a equipe não conseguindo nem se classificar para a fase final do estadual, fato que fez com que a equipe fique fora da Copa do Nordeste do próximo ano.

Com técnico "novo", agora é esperar para ver o que o Vozão trará de bom para o Campeonato Brasileiro deste ano, tendo em vista que a equipe terá muito tempo para arrumar os erros e se organizar na busca de conseguir o acesso à Série A em 2017.

Início da temporada

A torcida esperava um Ceará mais "atento" e organizado no início de 2016, principalmente escapar do rebaixamento para a Série C após a pífia campanha na Série B do ano passado. No Nordestão, a equipe até começou bem, terminando em primeiro no seu grupo, mas logo nas quartas foi eliminado após perder os dois jogos da eliminatória para o Santa Cruz, frustrando seu torcedor.

A expectativa é que pelo menos no Campeonato Cearense a equipe confirmasse o favoritismo e fosse em busca do título... mas não foi bem assim. Com uma campanha horrível, o Vozão foi eliminado na segunda fase e não se classificou nem para as semifinais do estadual, passando um verdadeiro vexame. Com isso, o time não estará no Nordestão do ano que vem. 

Agora, como um "novo" técnico, Sergio Soares, o Vozão tenta se arrumar para a disputa do campeonato nacional, tendo em vista que precisa dar uma resposta ao seu torcedor, que espera não passar pelo mesmo sofrimento da temporada passada, onde a equipe ficou do início ao fim do campeonato brigando para não ser rebaixado.

Temporada passada

2015 foi um ano de verdadeiros altos e baixos para a equipe alvinegra. Mesmo perdendo o título do estadual para o rival Fortaleza em um dos jogos mais espetaculares do ano, o Vozão conseguiu o título que mais almejava: o da Copa do Nordeste, o que deixou ainda maior as expectativas para um provável acesso para a Série A em 2016.

Só que não foi bem assim. Com o sucesso no Nordestão, o Ceará perdeu o seu grande craque para o restante do ano. Magno Alves havia deixado uma lacuna não só na qualidade de seu jogo, mas também na liderança da equipe e força nos momentos de decisão, tendo em vista que o experiente centroavante tinha sido contratado pelo Fluminense.

Mesmo com Rafael Costa, que chegou muito bem ao clube, e um elenco de qualidade, a história não foi a que a torcida esperava. Desde as primeiras rodadas o Ceará brigou contra a zona da degola, ficando até com 97% de chances de rebaixamento em determinado momento do campeonato. Mas com a chegada de Lisca, muita coisa mudou e o Ceará conseguiu evitar o rebaixamento. Tudo tem que ser diferente em 2016.

Destaque: Rafael Costa

Liderança e bola na rede. É isso que espera-se de Rafael Costa (Foto: Christian Alekson/Ceará SC)
Liderança e bola na rede. É isso que espera-se de Rafael Costa (Foto: Christian Alekson/Ceará SC)

Como já dito, o Ceará achou em Rafael Costa tudo que uma equipe precisa: presência de área e bola na rede. Ele chegou ao clube na Série B do ano passado e mostrou uma personalidade gigante, comandando o time ao lado de Ricardinho e sendo essencial na briga contra o rebaixamento pela equipe alvinegra.

Após sair por um tempo, Rafael retornou ao clube ainda no começo do Campeonato Cearense deste ano após não se adaptar ao futebol asiático e voltou fazendo gols, sendo decisivo em determinados jogos. Ele é a grande referência alvinegra não só no ataque, mas também em termos de liderança.

Treinador: Sérgio Soares

Após um pouco mais de um ano fora, Sérgio Soares volta para tentar "reerguer" alvinegro (Foto: Christian Alekson/Ceará SC)
Após um pouco mais de um ano fora, Sérgio Soares volta para tentar "reerguer" alvinegro (Foto: Christian Alekson/Ceará SC)

Esse já é um conhecido da torcida alvinegra. Após ter uma grande passagem pelo clube entre 2013 e 2014, fazendo uma bela campanha na Série B em 2014, Sérgio deixou o clube meio que pelas portas de trás. Mas após um ano e vendo o fracasso de vários comandantes, o Ceará conseguiu fazer com que o treinador retornasse e as expectativas são boas para seu trabalho.