Goleiro reserva, Lauro aprova atuação diante do Luverdense: "Dei minha parcela de contribuição"

Reserva de Éverson, Lauro afirmou que estava apreensivo para a volta aos gramados

Goleiro reserva, Lauro aprova atuação diante do Luverdense: "Dei minha parcela de contribuição"
Lauro mostrou-se satisfeito com sua atuação (Foto: Germana Pinheiro/ O Povo)

O Ceará continua mal no Brasileirão da Série B. Com o empate diante do Luverdense, nessa terça-feira (20), o time treinado por Sérgio Soares chegou ao décimo jogo sem vitória na competição, chegando aos 40 pontos e continuando no G4, na quarta colocação, mas podendo perder até quatro posições na tabela de classificação até o final da 27ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O goleiro titular do time cearense, Éverson, cumpriu suspensão no jogo dessa terça-feira (20) e foi substituído pelo seu reserva, Lauro, ex-Internacional, Ponte Preta e Atlético-MG. O arqueiro titular e o volante Richardson devem retornar na próxima rodada, em partida contra o Brasil de Pelotas, na próxima terça-feira (27), no Estádio Bento de Freitas, em Pelotas-RS.

Lauro, após a partida, afirmou que como não estava atuando há algum tempo, tendo sido contratado pelo Galo e não tido atuado pelo time mineiro, estava apreensivo para o retorno aos gramados, declarando que achou sua contribuição importante no jogo: “Não estava jogando e eu estava apreensivo, apesar da experiência. Uma partida importante para a gente. Acho que dei minha parcela de contribuição”.

O goleiro da equipe do Luverdense, Diogo Silva, fez uma grande partida diante do Ceará e foi um dos destaques do confronto. Lauro atuou com o goleiro rival na Ponte Preta, no ano de 2012 e mostrou-se feliz pela atuação, que garantiu o jogo sem gols, do ex-companheiro.

Sobre Diogo Silva, que fez três importantes defesas em finalizações do atacante Bill, o goleiro do Ceará disse: “Trabalhei com o Diogo na Ponte Preta, e 2012, e estou contente de ver fazer boas defesas”.