Surpresas do Brasileirão, Chapecoense e Santa Cruz se enfrentam pela primeira vez na história

O quinto colocado da competição recebe o líder e ambos esperam manter a excelente fase, bem como manter a invencibilidade no torneio

Surpresas do Brasileirão, Chapecoense e Santa Cruz se enfrentam pela primeira vez na história
Foto: Cleberson Silva/Associação Chapecoense de Futebol
Chapecoense
Santa Cruz
Chapecoense: Danilo, Claudio Winck (Gimenez), Willian Thiego, Marcelo, Dener; Josimar, Gil, Cleber Santana; Lucas Gomes, Silvinho, Kempes (Bruno Rangel).
Santa Cruz: Tiago Cardoso; Léo Moura, Neris, Danny Morais, Tiago Costa; Uillian Correia, Alex Bolaño, João Paulo, Arthur, Keno; Grafite. Técnico: Milton Mendes
ÁRBITRO: Rafael Traci (PR). Auxiliares: Pedro Martinelli Christino (PR), André Luiz Severo (PR).
INCIDENCIAS: Partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2016, a ser realizada na Arena Condá, em Chapecó/SC.

Um é o quinto colocado do Campeonato Brasileiro, com cinco pontos ganhos. O outro é o líder da competição, com sete pontos. Ambos ganharam destaque nacional pelas boas campanhas e pela invencibilidade no principal torneio do país. Nesse clima de confiança, Chapecoense e Santa Cruz se enfrentam neste sábado (28) às 21 horas na Arena Condá, em Chapecó. Será a primeira partida oficial na história entre os dois clubes.

O Verdão do Oeste espera contar com o "fator casa" e com o apoio de sua fanática torcida, que deverá comparecer em grande número na Arena Condá. O time comandado por Guto Ferreira pode entrar em campo sem seu maior destaque nesse começo de Brasileirão: o atacante Bruno Rangel, artilheiro da equipe, sofreu uma contusão no último treino e sua escalação só será definida antes da partida.

No Tricolor do Arruda, a grande mudança em relação à equipe que goleou o Cruzeiro será no meio campo. O meia Fernando Gabriel, que não atuou bem contra os mineiros e foi substituído ainda no primeiro tempo, dará lugar a João Paulo, um dos destaques da Cobra Coral, que retorna de contusão. O técnico Milton Mendes não adiantou a função do camisa 10: se joga como segundo volante ou como homem de armação no meio campo.

Chape prega respeito ao líder

O técnico da Chapecoense, Guto Ferreira, decidiu esconder a escalação que enfrenta o líder do campeonato. As dúvidas do treinador estão na lateral direita, entre Claudio Winck e Gimenez, e no ataque, onde Bruno Rangel, contundido, pode dar lugar a Kempes. Guto manteve o discurso da humildade e do respeito ao adversário após o último treinamento na última sexta-feira (27).

"Vamos ter dificuldade, todo mundo sabe. Se eu colocar minha estratégia aqui, vou estar dando tudo o que o Milton quer. Ele é um cara estudioso e está fazendo um trabalho maravilhoso. Temos que ressaltar que o Santa Cruz está fazendo um trabalho espetacular. A gente tem que estar atento a tudo isso. Contar com o apoio do nosso torcedor vai ser fundamental", ressaltou Guto.

Os desfalques já confirmados para o embate contra os pernambucanos são o zagueiro Neto, o meia Martinuccio e o atacante Ananias. O provável time que entrará em campo contra o Tricolor será: Danilo, Claudio Winck (Gimenez), Willian Thiego, Marcelo e Dener; Josimar, Gil e Cleber Santana; Lucas Gomes, Silvinho e Kempes (Bruno Rangel).

João Paulo de volta à Cobra Coral

O meia João Paulo, uma das peças mais importantes do elenco santacruzense, chegou a atuar bem contra o Cruzeiro entrando no decorrer da partida. Mas só agora contra a Chapecoense fará parte do time titular. Vai ocupar o lugar de Fernando Gabriel, peça destoante no último jogo. O técnico Milton Mendes explicou a saída de Fernando, que sequer viajou para Chapecó com o restante do grupo.

"Optei por ter um pouco mais de marcação. Coloquei o João Paulo como meia buscando um pouco de agressividade no meio de campo para ganhar algumas bolas como ganhamos no segundo tempo. Vai ser minha forma de pensar sempre, no que é melhor para o Santa Cruz. Eu não olho para nomes. Eu penso no grupo. Com o tempo inverti a ordem de jogar. Segurei um pouco mais o João Paulo. Continuamos sendo pressionados e precisávamos ter um pouco mais de paciência. E aí optei por Wallyson depois para dar mais qualidade", comentou Milton.

Milton Mendes ainda não divulgou oficialmente a escalação do Tricolor, mas tudo indica que o Santa entrará com: Tiago Cardoso; Léo Moura, Neris, Danny Morais e Tiago Costa; Uillian Correia, Alex Bolaño, João Paulo, Arthur e Keno; Grafite.