Gil exalta reação da Chapecoense diante do Cruzeiro: "Voltamos a ser fortes em casa"

Equipe de Chapecó começou atrás no placar e, com os dedos mágicos do estreante Caio Júnior, carimbou o resultado positivo

Gil exalta reação da Chapecoense diante do Cruzeiro: "Voltamos a ser fortes em casa"
Volante Gil foi peça essencial na partida (Foto:Divulgação/Chapecoense)

Contando com uma verdadeira mágica efetuada pelo treinador Caio Júnior na etapa complementar em Chapecó, a Chapecoense mandou embora todo o azar deixado do último confronto diante do Sport e, nesta quarta-feira (29), retomou seus ânimos e com muita efetividade, de virada carimbou o resultado de 3 a 2 diante do Cruzeiro, que o aproxima cada vez mais do G-4 do Campeonato Brasileiro.

Na primeira etapa as ideias pareciam não fluir e, logo de imediato, o meio campista Arrascaeta realizou uma bela jogada, aproveitando-se de uma falha fatal da aquipe da casa, quando, aos seis minutos o mesmo cruzou de esquerda para Marcelo Boeck que deu o rebote, com isso a redonda foi parar nos pés de Pisano, o qual abriu o placar. No fim da etapa inicial ainda foi possível o gol de empate da equipe da casa.

No segundo tempo, algo estava para acontecer, algo de imenso valor para a partida, afinal o jogo a partir da entrada de Arthur Maia e Kempes iria mudar de uma forma significativa o desenrolar do jogo. A partida que na etapa inicial estava empatada, agora com os gols de ambos citados, chegou a tão esperada vitória, que os deixou na oitava colocação.

Apesar do pouco tempo de treinos, o técnico catarinense conseguiu implantar sua filosofia de jogo. Segundo o atacante Kempes, não foi apenas um jogo feliz para Caio, mas também para todo grupo de jogadores, os quais parecem estarem fechados com o técnico e  ainda fizeram uma ótima aparição. Para ele, todo o grupo está de parabéns.

"Acho que não só ele (Caio Júnior) foi feliz, que chegou e implantou um pouco da filosofia, mas sim toda a equipe. Eu não vinha entrando e ajudando, mas sempre trabalhei esperando essa oportunidade. Graças a Deus fui feliz em fazer o gol, mas o grupo todo está de parabéns", comentou.

O volante Gil exaltou o esquema de jogo imposto pelo treinador, para ele foi de muita eficiência e suma importância para esse confronto, o qual acima de tudo teve os dedos do técnico Caio Júnior.

"Voltamos a ter espírito de grupo novamente. Sabemos que não ia ser fácil, mas voltamos a impor nosso ritmo de jogo. Voltamos a ser fortes em casa. Essa vitória é pra dar moral. A gente está ciente das falhas defensivas. Agora é conversar com ele e entre a gente pra corrigir os erros. São vacilos que prejudicam a equipe. Mas todo mundo está de parabéns. É muito pouco tempo pra falar ainda, mas o Caio Júnior é muito inteligente e estudioso", disse.