Chapecoense vira no fim e derruba invencibilidade do Fluminense em Edson Passos

Flu saiu na frente com gol no começo do jogo, mas Chapecoense virou no segundo tempo. Flu continua sem vencer os catarinenses

Chapecoense vira no fim e derruba invencibilidade do Fluminense em Edson Passos
Fluminense
1 2
Chapecoense
Fluminense: Julio César, Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus (Ayrton, min. 0'/2ºT); Douglas, Cícero, Marquinho (Henrique Dourado, min. 17'/2ºT) e Gustavo Scarpa; Marcos Júnior e Magno Alves (Maranhão, min. 0'/2ºT). Técnico: Levir Culpi
Chapecoense: Danilo; Gimenez, Thiego, Filipe Machado e Dener; Josimar, Matheus Biteco (Cleber Santana, min. 0'/2ºT), Gil e Arthur Maia (Laurency, min. 15'/2ºT); Tiaguinho e Kempes (Bruno Rangel, min. 39'/2ºT). Técnico: Caio Junior.
Placar: 1-0, min. 4'/1ºT, Cícero. 1-1, min. 8'/2ºT, Dener. 1-2, min. 44'/2ºT, Laurency.
ÁRBITRO: Claudio Francisco Lima e Silva (SE), auxiliado por Ailton Farias da Silva (SE) e Daniel Vidal Pimentel (SE).
INCIDENCIAS: 25ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016, jogo realizado no estádio Giulite Coutinho, em Edson Passos, no Rio de Janeiro.

A escrita continua. A Chapecoense venceu o Fluminense na noite desta quinta-feira (15), quebrou a invencibilidade tricolor jogando em Edson Passos e continua sem saber o que é derrota contra o rival. Com gols de Dener e Laurency, a Chape venceu o Flu de virada, que abriu o placar com Cícero.

O Fluminense foi melhor no primeiro tempo e conseguiu sair na frente. Entretanto, no segundo tempo viu a Chapecoense dominar as ações e conseguir a virada. A derrota deixa o Flu longe do sonho pelo G-4, mas ainda é possível.

Com a vitória, a Chapecoense agora soma 37 pontos e igualou a pontuação do Fluminense, porém o time carioca está em sétimo e a Chape em nono lugar pelo critério do número de vitórias. Na próxima rodada, o Flu visita o Grêmio, domingo (18), às 16h (de Brasília). No mesmo dia e horário, a Chapecoense recebe a Ponte Preta na Arena Condá.

Cícero marca no começo e Flu sai na frente

Com apoio da torcida que lotou o acanhado estádio de Edson Passos, o Fluminense começou indo para cima da Chapecoense e não demorou muito para abrir o placar. Logo aos quatro minutos, após cobrança de falta de Gustavo Scarpa, Cícero se antecipou e cabeceou no canto de Danilo.

O gol logo no começo do jogo deixou o Fluminense em situação confortável. O time tricolor ficou mais leve e chegava ao ataque com facilidade, mas tinha dificuldade para invadir a área. A solução era arriscar de longe e Cícero fez isso aos 22 minutos, mas a bola saiu pelo canto.

A primeira chance real da Chapecoense surgiu apenas aos 26 minutos, quando Josimar arriscou de fora da área e por pouco não empatou o jogo. Mas o Fluminense respondeu aos 29 minutos com William Matheus, que recebeu cruzamento de Marcos Junior pela esquerda e cabeceou quase na pequena área, mas Danilo fez grande defesa e salvou.

Apesar da superioridade do Fluminense até nesse lance aos 29 minutos, depois disso o jogo ficou mais equilibrado. O Flu não conseguia mais criar oportunidades, mas por outro lado a Chape não agredia. Assim, o jogo caminhou para o intervalo com vantagem dos donos da casa.

Chapecoense empata no começo, vira no fim e quebra invencibilidade do Fluminense em Edson Passos

Se o Fluminense começou abrindo o placar no começo do primeiro tempo, a Chapecoense respondeu na mesma dose aos oito minutos da etapa final. Em contra-ataque puxado por Tiaguinho, Dener recebeu pelo meio, invadiu a área e empatou o jogo.

O Fluminense tentou responder aos dez minutos, quando Cícero arriscou de fora da área e obrigou Danilo a salvar a Chapecoense. Entretanto, o Flu sentiu o gol e errava lances fáceis, mostrando desorganização em campo e falta de tranquilidade para resolver os lances. 

As mudanças de Levir Culpi não faziam efeito no Fluminense. Ayrton, que entrou no lugar de William Matheus no intervalo, tirou a paciência da torcida rapidamente. Maranhão não conseguiu fugir da marcação da Chapecoense. Com isso, os visitantes aproveitaram e levaram mais perigo. Aos 44 minutos, após cobrança de escanteio, Josimar desviou na primeira trave e Laurency virou o jogo.