Chapecoense: união, amor e aprendizado

Constelação que invadiu o coração do mundo com solidariedade

Chapecoense: união, amor e aprendizado
Chapecoense: união, amor e aprendizado

Ao longo dos dias em nossas vidas passamos por momentos inesquecíveis, passamos pela adolescência, o primeiro namoro, casamos, vem os filhos, meia idade, ficamos idosos e partimos. Seria o natural da vida, que por sua vez não nos pede opinião, não nos convida para reuniões onde decidiremos a pauta de nossas vidas, não há hora extra e nem dispensa antes do horário cumprido. 

Provavelmente todos já tivemos perdas, e com ela some também o chão, parte o coração, falta o ar e o sonho fica distande, por outro lado vem a luta por mudança para melhora do erros, demonstrar mais, dizer mais eu te amo, me perdoe e eu senti sua falta. Assim como a chuva nos pega de surpresa a partida para outro plano não nos avisa, passamos por datas festivas como por datas de lamentações, a lição de tudo talvez seja o pedido de mais amor e menos violência, mais tolerância e menos vandalismo, mais união.

O grito de gol sendo comemorado sem uma cadeira arrancada e um cassetete na costela, a comemoração rasgando a camisa com ou sem o cartão amarelo. É o sangue do amor à camisa, do pedido de raça, de deixar cada gota de suor dentro de campo atrás de um objetivo maior, a taça sendo levantada pelo capitão. E isso a equipe de Chapecó que sem um nome apontado como estrela, mas com uma equipe que virou constelação, conseguiu, uniu.

Conquistou o Brasil e hoje conquista o céu.

-A reputação é o que os homesns dizem de você junto à sua sepultura. O caráter é o que os anjos dizem de você junto a Deus- Arnaldo Jabor

#ForçaChapecó