Corinthians recebe Ponte Preta buscando quebrar jejum de vitórias

Após estreia fraca diante do Grêmio em casa e a derrota para o Vitória no último domingo, Timão precisa vencer para aliviar a tensão instalada entre clube e torcida

Corinthians recebe Ponte Preta buscando quebrar jejum de vitórias
(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)
Corinthians
Ponte Preta
Corinthians: Walter, Fagner, Felipe, Vilson e Uendel; Cristian e Bruno Henrique; Marquinhos Gabriel, Guilherme e Giovanni Augusto; Luciano. Técnico: Tite.
Ponte Preta: João Carlos, Jeferson, Douglas Grolli, Kadu e Reinaldo; João Vitor, Matheus Jesus e Ravanelli; Felipe Azevedo, Wellington Paulista e Clayson. Técnico: Eduardo Baptista.
ÁRBITRO: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
INCIDENCIAS: Partida válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro 2016, na Arena Corinthians, em São Paulo.

Após eliminações no Campeonato Paulista e na Taça Libertadores da América, o Corinthians via no Brasileirão a oportunidade de reencontrar o caminho das vitórias e manter o trabalho tranquilo, apesar dos reveses. Porém, o alvinegro de Parque São Jorge não venceu nos dois primeiros jogos e o clima ruim foi mantido.

Para começar a mudar esse cenário, o Corinthians entra em campo às 11 da manhã desta quinta-feira (26) e mede forças contra a Ponte Preta. O jogo, a ser realizado na Arena Corinthians, em Itaquera, será válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2016.

Enquanto o Timão soma apenas um ponto, a Macaca vem de uma boa vitória contra o Palmeiras e ainda não perdeu no torneio nacional. O clube de Campinas ocupa a quinta posição, com quatro pontos ganhos, e remete à tradição de jogos duros contra o Timão para surpreender mais uma equipe grande do futebol paulista e brasileiro.

Tite modifica esquema tático para Corinthians voltar a vencer

O clima no Corinthians não anda dos mais agradáveis, e piorou desde o último domingo (22), quando o alvinegro foi derrotado pelo Vitória, em Salvador. Com os protestos da torcida ao longo da semana, Tite ainda tentou “renovar” o time, trazendo para o meio dos titulares jogadores como o goleiro Walter, Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto e Guilherme. Mas as alterações não evitaram o resultado desfavorável ao Timão. 

Agora, com o início da preparação das seleções para a Copa América Centenário, dois atletas que disputarão a competição já desfalcam o Corinthians no jogo desta quinta-feira, às 11h: EliasBalbuena. Os dois terão suas ausências supridas por Vilson e Cristian, respectivamente. Além deles, André também ficará de fora, mas ocupando o banco de reservas, já que Tite optou por dar oportunidade ao atacante Luciano, que pleiteia vaga para a Seleção Brasileira na disputa da Olimpíada

Com todas as alterações feitas em relação a equipe que estreou no Campeonato Brasileiro, há apenas duas rodadas, a formação tática do Timão passou de um 4-1-4-1 para um 4-2-3-1, com Cristian e Bruno Henrique atuando como volantes. “Trago o Cristian na primeira função, mais posicional. Deixo o Bruno para fazer função de mais de saída e de retorno. Uma liberdade maior, tal qual foi o outro jogo para o Guilherme estar mais próximo do Luciano” explicou Tite, ao comentar a alteração durante entrevista coletiva, nesta quarta-feira (25). 

Vivendo momento oposto ao do Timão, Ponte chega com otimismo para a partida 

Vinda de classificação na Copa do Brasil, diante do Genus (RO), e vitória sobre o Palmeiras no último fim de semana, a Ponte Preta vive situação bem diferente da de seu rival nesta terceira rodada. Enquanto Tite vem fazendo uma série de grandes alterações em sua equipe para encontrar o time ideal, o técnico da Macaca, Eduardo Baptista, vai usar na partida o mesmo time considerado titular e que coleciona bons resultados há oito partidas. “Nós ganhamos em entrosamento e também na confiança, porque os jogadores vão crescendo com a sequência positiva de jogos” declarou o treinador.

O bom momento enche de confiança, não só a torcida, mas também os jogadores da Macaca. Em entrevista, o lateral Jeferson, de apenas 19 anos, declarou que mesmo sendo complicado jogar contra o Corinthians dentro de sua Arena, acredita na força da Ponte para bater seu adversário. “Nós sabemos como é o jogo lá. Estamos há oito jogos sem perder e acredito que o ideal é jogarmos como estamos atuando. Fechados, com ataques rápidos e buscado um bom resultado”, declarou o jogador.

Apesar da disparidade entre os momentos que vivem as equipes, Corinthians e Ponte Preta estão separados por apenas 3 pontos. Uma vitória na Arena Corinthians nesta quinta-feira, não só quebraria a boa sequência do time de Campinas, como melhoraria a posição do Timão e devolveria em parte a tranquilidade em seu relacionamento com a torcida, que não se ve desde o empate contra o time do Nacional, em casa, que culminou com a eliminação, em São Paulo, da Copa Libertadores 2016.