Fábio Carille comemora vitória e garante Corinthians com a mesma dedicação para o futuro

Treinador interino consegue vitória para acalmar crise que Timão entrou e confirma empenho de seu time para o resto do ano

Fábio Carille comemora vitória e garante Corinthians com a mesma dedicação para o futuro
Foto: Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians

O Corinthians sofreu, mas está classificado para as quartas-de-final da Copa do Brasil 2016 após vitória em casa pra cima do Fluminense. Na primeira partida pós saída de Cristóvão Borges, o comando alvinegro ficou com o interino Fábio Carille, que organizou um time mais nos moldes de Tite e, de certo modo, agradou a Fiel. Rodriguinho marcou o único gol, numa partida em que o Flu teve três gols bem anulados e muita reclamação por supostos dois pênaltis.

Foto: Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians
Foto: Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians

Com a classificação, Carille tirou um pouco da pressão que paira por cima da equipe de Parque São Jorge. Após a partida, o treinador conversou com a imprensa e comentou sobre as mudanças realizadas para a partida contra o Flu. Para ele, a entrega foi fundamental pra mudar a atual fase alvinegra.

"Vitória mais do que importante pela semana que foi, após perder um clássico em casa. Foi com muita conversa, levantar o astral para que dessem uma resposta positiva em campo. E ela foi, com muita entrega em campo."

A equipe que o Corinthians entrou em campo já teve mudanças e elas surtiram efeito, com uma tática mais agrupada, de posse e controle de bola. Foi se baseando em Tite que Carille montou o esquema.

"A gente sempre aprende com os treinadores e eu procurei observar muito. Com 27 anos eu decidi que seguiria esse caminho e parei com 33. Agradeço ao Mano Menezes, que me abriu as portas em janeiro de 2009. Aprendi com ele, Adilson, Cristóvão, mas a linha que vou seguir é a linha do Tite."

E o futuro corinthiano reserva novamente o Fluminense como rival. Domingo, novamente em Itaquera, as duas equipes se reencontram para mais uma rodada do Brasileirão e o treinador alvinegro espera uma equipe com a mesma atitude e postura.

"Hoje, com tudo que se tem no futebol, sabemos muito bem quem é quem. Vai ser com a mesma dedicação, orientando bastante, esperando o jeito que o Fluminense pode vir para o jogo. Estaremos preparados para o que der e vier."

Polêmicas à parte, a próxima partida entre ambos promete e muito, não só pela rivalidade recém-criada, mas pela busca por uma vaga no G4. Os dois times ainda mantém esperanças de conquista entre os quatro primeiros da tabela e as emoções serão fortes.

O Timão se reapresenta nessa quinta-feira para iniciar os preparativos para a rodada de fim de semana.