Zé Elias agradece ex-treinador Mário Sérgio em carta emocionante: "Meu herói"

Jogador foi revelado pelo então treinador do Corinthians, Mário Sergio, morto após queda de avião da tripulação da Chapecoense

Zé Elias agradece ex-treinador Mário Sérgio em carta emocionante: "Meu herói"
Foto: Reprodução/Site Oficial/Corinthians.com.br

O Brasil e o mundo está de luto. A tragédia da queda do avião com a tripulação da Chapecoense que iria para Medellin na preparação para o primeiro jogo da final da Sul-Americana 2016 chocou a todos e comoveu praticamente todo mundo, independente de ter relação ou não com o mundo do futebol.

Dentre as vítimas, jornalistas que cobririam a decisão perderam suas vidas. E nela está Mário Sergio Pontes de Paiva, ex-jogador de Grêmio, São Paulo, Internacional, Rosário Central, da Argentina, que era comentarista da Fox Sports e trabalharia no jogo. Seus colegas Victorino Chermont, Deva Pascovicci e Paulo Júlio Clemant também faleceram.

As homenagens foram várias durante todo o dia através das redes sociais. Praticamente todos os clubes manifestaram seus sentimentos e atletas, seja do meio do futebol ou não, também mandaram mensagens. E uma das mais emocionantes trata-se de Zé Elias, atualmente comentarista dos canais Espn e que teve enorme carreira de sucesso no futebol.

"Zé da Fiel", como é conhecido pelo torcedor corinthiano, iniciou sua carreira no Timão ainda com 16 anos graças ao então treinador Mário Sergio, que subiu o menino da base em 1993. Mário comandou o alvinegro de 93-95, sendo vice Brasileiro e tendo o melhor aproveitamento de pontos dos campeonatos corinthianos. 

Através de sua conta no Twitter, Zé postou uma carta escrita pelos seus punhos agradecendo, emocionado, seu eterno treinador.

Além do ex-jogador, os clubes também fizeram suas homenagens, não só para Mário Sergio, mas também para Deva Pascovicci, narrador de esportes e que deu voz a vários momentos épicos, como o do próprio Danilo, da Chapecoense, no lance final contra o San Lorenzo, pela semifinal da Sul-Americana 2016.