Jogadores aprovam intensidade dos treinamentos comandados por Paulo Bento no Cruzeiro

Técnico português tem procurado exigir o máximo dos atletas celestes, que acreditam na melhora da performance da equipe dentro de campo

Jogadores aprovam intensidade dos treinamentos comandados por Paulo Bento no Cruzeiro
Paulo Bento comandou, até o momento, dois treinamentos com a equipe celeste (Foto: Pedro Vilela/Light Press)

Apresentado na última segunda-feira (16) como novo treinador do Cruzeiro, Paulo Bento chegou na Toca da Raposa II disposto a colocar "ordem na casa". Com seu perfil disciplinador e exigente, o lusitano tem procurado exigir o máximo da qualidade dos jogadores nas atividades. Até mesmo a imprensa foi afetada pelo estilo de trabalho do profissional, que não permite a permanência dos jogadores na íntegra dos treinamentos, como acontecia com os técnicos anteriores.

Os treinamentos em dois períodos até aconteciam no Cruzeiro antes da chegada de Paulo Bento, mas agora, tudo indica que será frequente sob o comando do português. A Raposa joga no próximo sábado (21), contra o Figueirense, às 21h, no Mineirão, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. A partida marcará a estreia do lusitano no clube celeste. Mas, na manhã seguinte, o que era para ser a folga dos atletas, terá treinamento. Isso em menos de 12 horas do término do duelo.

Nesta quarta-feira (18), na primeira parte da atividade, Paulo Bento comandou um treinamento específico para o setor defensivo, cobrando saída de bola de qualidade. Enquanto o restante do grupo participava de um aquecimento, o lusitano cobrava, aos gritos, que trabalhassem mais a bola. Foi o que o meio-campo Arrascaeta confirmou: o treinador quer melhorar o volume de jogo da equipe.

"Ontem vimos o primeiro treino dele, treino com muita intensidade, muito volume de bola, tem de ter qualidade no treino, isso vai ser melhorar o nosso time. O grupo tem que entender a qualidade que ele vai querer no jogo, estes dias vamos aprender o plano de jogo que ele vai querer implementar", declarou o uruguaio.

A mudança radical da rotina na Toca II, não incomoda o jovem volante Bruno Ramires. Pelo contrário. O jogador quer aproveitar o "padrão europeu" do lusitano ao máximo, exaltando a passagem do profissional pela seleção de Portugual. O atleta ainda falou um pouco mais sobre as características de Paulo Bento, ressaltando, sobretudo, a velocidade dentro de campo.

"A gente está procurando aprender, tudo que ele está fazendo é o que se vive na Europa, treinamento, intensidade, horário. É tudo uma forma de aprendizado para a gente ter esta chance de trabalhar com ele. É diferente, cobra muita intensidade no treino, pede para rodar a bola mais rápido, infiltração de quem joga por dentro", disse, completando logo em seguida.

"Foi treinador de Portugal, deve ter muitas virtudes, temos agora de aproveitar isso e fazer no campo de jogo. Técnico da Europa gosta mais da velocidade, jogar rápido, os times são técnicos, eles fazem isso, querem qualidade e velocidade", concluiu.