Elber marca golaço, homenageia filho e aponta defeitos da equipe durante partida contra Figueirense

Douglas Coutinho, autor do gol de empate, aceitou as vaias do torcedor, mas se mostrou otimista quanto ao trabalho do técnico Paulo Bento

Elber marca golaço, homenageia filho e aponta defeitos da equipe durante partida contra Figueirense
Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Criticado por alguns torcedores, o meia Elber respondeu a todos com um belíssimo gol. O jogador deixou três marcadores para trás e bateu na saída do goleiro. O tento marcado abriu o caminho para o time cruzeirense buscar o empate contra o Figueirense.

Mesmo contente com o gol marcado, Elber homenageou o filho após balançar as redes, mas também comentou o resultado e a atuação do Cruzeiro.

"Tivemos um começo bom no primeiro tempo, criamos oportunidades, mas infelizmente erramos no último passe. Depois que levamos o gol, o time se desestabilizou em campo e isso não pode acontecer. Daqui para frente, não podemos mais bobear nas partidas, para que as vitórias possam vir. Dediquei o gol ao meu filho, mas infelizmente não pude comemorar, pois estávamos perdendo. Mas o gol foi para ele, com certeza”, declarou.

Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Já o atacante Douglas Coutinho, que entrou em campo e anotou o gol de empate, admitiu que os torcedores têm razão de vaiar, mas acredita no trabalho do técnico Paulo Bento e se colocou à disposição do treinador.

"O Cruzeiro é time grande. Independentemente do adversário, dentro de casa, os três pontos têm que ser certos. A torcida está certa de sair insatisfeita. A gente tem que se cobrar mais, pois temos que vencer. Sou um jogador muito esforçado, sei das minhas qualidades. Sou muito aguerrido. Quando tiver oportunidade de novo, vou procurar ajudar a equipe", explicou.

Tanto Elber quanto Douglas Coutinho terão pouco tempo para descansar. Na quarta-feira (25), o Cruzeiro enfrentará o Santa Cruz, no Estádio do Arruda, às 21h45, valendo pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.