Cruzeiro empresta o argentino Pisano ao Santa Cruz até o fim da temporada

Jogador, que custou por volta de R$ 4 milhões à Raposa, não conseguiu se firmar; no Santa Cruz, ele terá a missão de ajudar na reabilitação da equipe no Campeonato Brasileiro

Cruzeiro empresta o argentino Pisano ao Santa Cruz até o fim da temporada
Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

O Cruzeiro anunciou nessa quinta-feira (4) o empréstimo do meio-campista Matías Pisano ao Santa Cruz até o fim da temporada. O atleta argentino, de 24 anos, reforçará a equipe pernambucana para a disputa do Campeonato Brasileiro e da Copa Sul-Americana. O jogador foi uma das contratações mais aguardadas do início da temporada, porém não se firmou. Apesar de ter sido relacionado na maioria dos jogos da Raposa, ele foi pouco aproveitado.

O argentino chega ao tricolor pernambucano para compor o elenco de um time que está em baixa na temporada. Depois de um primeiro semestre arrasador sendo campeão estadual e da Copa do Nordeste, o Santa Cruz começou o Campeonato Brasileiro bem e chegou a liderar a competição, entretanto uma série de resultados negativos mudou o cenário. Hoje, a equipe é uma das últimas na tabela com 18 pontos ganhos. Já na Copa Sul-Americana, o clube entra na segunda fase e disputa uma vaga nas oitavas de final contra seu tradicional adversário, o Sport Recife.

Depois de defender o Independiente-ARG de 2013 a 2015, Pisano chegou ao Cruzeiro no início desta temporada e assinou contrato por três anos. O jogador não garantiu seu espaço entre os titulares da Raposa. Ele entrou em campo em 15 partidas e marcou um gol com a camisa celeste, o primeiro da derrota para a Chapecoense, por 3 a 2, válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pela competição nacional, ele atuou em quatro ocasiões, o que o tornou apto para negociar com outro clube da primeira divisão.

Natural de Buenos Aires, Pisano foi revelado pelo Chacarita Juniors, em 2009. Em 2013, ele foi contratado pelo Independiente de Avellaneda, logo após o rebaixamento da equipe para a segunda divisão argentina. Sua vinda ao Cruzeiro foi em uma transação onde a equipe mineira perdoou a dívida de US$700 mil imposta pela FIFA à equipe argentina, pelo empréstimo do atacante Ernesto Farías.