Mano elogia setor de criação do Cruzeiro, mas quer menos "preciosismo" nas finalizações

Treinador celeste destaca maturidade da Raposa em campo e muda foco para o clássico contra o América-MG, pelo Campeonato Brasileiro

Mano elogia setor de criação do Cruzeiro, mas quer menos "preciosismo" nas finalizações
Mano Menezes ainda não pensa no jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil (Foto: Alexandre Loureiro/Light Press)

O Cruzeiro venceu e convenceu no Rio de Janeiro, ao golear o Botafogo, por 5 a 2, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quinta-feira (1º). Após o duelo, o técnico Mano Menezes elogiou a postura da equipe dentro de campo, mas chamou a atenção em relação as oportunidades de gols desperdiçadas pela Raposa.

“Fizemos um jogo bem jogado, na maior parte do tempo. Você não faz um 5 a 2 aqui se não fizer um jogo com boa capacidade de criação e o Cruzeiro tem isso. É uma partida que exige muita organização, porque é fácil você deixar escapar. Em alguns momentos do jogo tivemos alguns pequenos pecados, primeiro por querermos ser preciosistas demais, não precisa ser assim, temos que ser objetivos. E no segundo momento, às vezes na recomposição, a bola estava sempre muita viva”, disse.

“Mas hoje fomos uma equipe madura e que soube aproveitar o momento em que o Botafogo se abriu mais, porque precisava descontar o resultado, conquistado com mérito por nós. Tivemos paciência, tocamos a bola e criamos espaços com qualidade para fazer o 5 a 2”, acrescentou.

Apesar das chances perdidas, o aproveitamento das finalizações por parte dos atletas celestes foi mais produtivo em solo carioca. Mano, no entanto, confessou que não esperava um resultado elástico fora de casa e ressaltou o poder ofensivo de seu elenco.

“Essa equipe do Cruzeiro cria muito e vem desperdiçando muitos gols na temporada. Uma hora termina assim. Hoje tivemos a competência de fazer, mas é lógico que você não sai para jogar fora, em um jogo no sistema de mata-mata, pensando que irá abrir uma vantagem tão grande. O mérito está em saber aproveitar as oportunidades”, colocou.

Agora, o Cruzeiro volta aos treinamentos apenas no domingo (4), quando começa a pensar no duelo contra o América-MG, que acontece na quinta-feira (8), às 21h, no Estádio Independência, pelo Campeonato Brasileiro. Assim, Mano Menezes ainda não pensa no jogo de volta da Copa do Brasil.

"Eu não estou pensando no segundo jogo ainda. Vamos comemorar a vitória e depois pensar no Campeonato Brasileiro. Temos um confronto difícil com o América, será muito difícil. Depois vamos pensar no Botafogo. Eles também vão tomar decisões baseadas no primeiro jogo. Temos que continuar dando entrosamento ao time, que é relativamente novo. Só o tempo dá entrosamento ao time e é isso que vamos buscar", concluiu.