Vivendo momento decisivo no Brasileiro, Cruzeiro e Atlético-MG se enfrentam no Mineirão

Clássico coloca frente a frente os maiores times de Minas Gerais, que brigam por metas diferentes: a Raposa para fugir do Z4, o Galo para ficar no G4 e não se distanciar do líder

Vivendo momento decisivo no Brasileiro, Cruzeiro e Atlético-MG se enfrentam no Mineirão
Foto: Washington Alves/LightPress/Cruzeiro
Cruzeiro
Atlético-MG
Cruzeiro: Rafael; Ezequiel (Lucas), Léo, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique e Ariel Cabral; Robinho, Arrascaeta e Rafael Sobis; Ramón Ábila. Técnico: Mano Menezes.
Atlético-MG: Victor; Carlos César, Léo Silva, Erazo e Fábio Santos; Rafael Carioca e Júnior Urso; Otero, Pratto, Robinho e Fred. Técnico: Marcelo Oliveira.
ÁRBITRO: Bráulio da Silva Machado (Asp. Fifa/SC). Auxiliares: Alex dos Santos (CBF-1/SC) e José Roberto Larroyde (CBF-2/SC).
INCIDENCIAS: Partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016, a ser realizada no estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, em Belo Horizonte/MG.

Um clássico de suma importância, que pode definir os rumos de Cruzeiro e Atlético-MG no Campeonato Brasileiro 2016. A partir das 16h deste domingo (18), no Mineirão, pela 26ª rodada, os arquirrivais de Minas Gerais medem forças e colocam em campo toda a tradição da maior partida do estado, em um clássico que inicia sua rivalidade nas estatísticas oficiais. 495ª edição, segundo os atleticanos, e 476ª, segundo os cruzeirenses.

Ainda no sufoco, a Raposa ocupa a 15ª colocação, com 29 pontos, apenas um ponto a frente do primeiro time dentro da zona de rebaixamento, o Figueirense. Após reagir no campeonato, o time azul cinco estrelas vem de duas derrotas, para Botafogo e São Paulo, sendo esta última uma apresentação absurdamente ruim.

Colado nos dois primeiros colocados (Palmeiras, com 51 pontos e Flamengo, que tem 47), o Galo tem 45 pontos e está sólido no G4. Porém, o alvinegro tem como meta o bicampeonato. A vitória sobre o Sport na quinta-feira (15) por 1 a 0, apesar de manter a equipe entre os três primeiros, trouxe preocupação ao torcedor devido a atuação ruim.

Vencer é bom; se reabilitar em cima do maior rival, é melhor ainda

Duas derrotas seguidas e a reaproximação da zona da degola. O momento cruzeirense não é bom. Para sair da atual situação, o técnico Mano Menezes conta com os retornos de Arrascaeta e Ábila, que cumpriram suspensão no revés diante do São Paulo. Expulso após dar um soco no adversário, Manoel está fora da partida. Seu substituto será Leo, zagueiro acostumado a enfrentar o Atlético-MG. Sobre o clássico, o jogador sabe que a cidade respira o jogo antes e depois, ressaltando a motivação que vencer o rival pode trazer.

“A gente sabe que é um jogo diferente, que tem suas peculiaridades. Tem sua rivalidade e envolve toda a cidade, que praticamente para. A gente sabe a importância, todo jogador tem consciência disso. Vale os mesmos três pontos, mas aumenta nossa força para a sequência do campeonato”, afirmou.

Para o duelo, o técnico Mano Menezes relacionou 24 atletas. Como o número permitido é de 23 jogadores, a tendência é que o lateral-direito Lucas, que não participou da última atividade antes da partida devido a um incômodo na virilha, seja cortado. Os convocados são:

Goleiros: Elisson, Lucas França e Rafael;
Laterais: Ezequiel e Lucas, Bryan e Edimar;
Zagueiros: Bruno Rodrigo, Fabrício Bruno e Léo;
Meio-campistas: Alisson, Ariel Cabral, Bruno Ramires, Arrascaeta, Denilson, Elber, Henrique, Lucas Romero, Marcos Vinícius, Rafinha e Robinho;
Atacantes: Rafael Sobis, Ramón Ábila e Willian.

A busca alvinegra pela liderança continua

A vitória por 1 a 0 perante o Sport na última quinta-feira (15) foi sofrida. Apesar de sair vencedor, o Galo foi pressionado pelo adversário, mesmo tendo um jogador a mais durante boa parte do segundo tempo. O torcedor alvinegro ficou ressabiado com o que viu, mas, apesar disso, esgotou a carga de 8% de ingressos reservados para o visitante neste domingo.

A única ausência é o lateral-direito Marcos Rocha, que sofreu um estiramento muscular na coxa direita diante do Leão pernambucano. Poupado na quinta-feira, Robinho estará de volta ao time no clássico. Dois jogadores alvinegros estreiam no derbi mineiro neste domingo: o zagueiro Erazo e o lateral-esquerdo Fábio Santos. Fábio espera que, a partir de uma vitória sobre o arquirrival, a confiança do time aumente para a sequência do Brasileiro.

“A expectativa é grande de disputar mais um clássico grande do futebol brasileiro, já disputei alguns, é meu primeiro com a camisa do Atlético, então, estou muito feliz por esse momento, ansioso para que comece o mais rápido possível e a gente tenha uma história bacana para contar. Tomara que possa vir esse presente no domingo, uma grande vitória para dar mais confiança ainda na sequência do campeonato”, comentou.

O técnico Marcelo Oliveira relacionou 23 atletas. São eles:

Goleiros: Victor, Giovanni, Uilson;
Laterais: Carlos Cesar, Fábio Santos, Leonan;
Zagueiros: Erazo, Leonardo Silva, Gabriel, Edcarlos, Ronaldo;
Meio-campistas: Rafael Carioca, Junior Urso, Yago, Lucas Cândido, Carlos Eduardo, Otero, Cazares;
Atacantes: Robinho, Fred, Hyuri, Clayton, Lucas Pratto.