Mano Menezes obtém efeito suspensivo no STJD e irá comandar o Cruzeiro diante do Grêmio

Além do treinador, auxiliar técnico Sidnei Lobo havia sido punido pela reclamação acintosa com a equipe de arbitragem na partida diante do Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro

Mano Menezes obtém efeito suspensivo no STJD e irá comandar o Cruzeiro diante do Grêmio
Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

O técnico Mano Menezes e o auxiliar técnico Sidnei Lobo foram contemplados, na tarde dessa quinta-feira (29), com efeito suspensivo concedido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Ambos haviam sido punidos com dois jogos de suspensão devido a citação feita pelo arbitro na súmula do jogo contra o Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro. Com a decisão, a dupla está liberada para a partida diante do Grêmio, neste sábado, no Mineirão.

O efeito suspensivo é referente à decisão tomada pelo STJD na última quarta-feira, quando Mano e Lobo foram julgados pela Terceira Comissão Disciplinar da entidade. Na ocasião, eles foram punidos pelo uso de termos pejorativos para se referir às decisões da equipe de arbitragem, durante e no final do jogo diante do alvinegro carioca, realizado no dia 11, na qual o Cruzeiro foi derrotado por 2 a 0, em casa.

Mano não foi expulso, mas foi punido por se referir ao árbitro Rafael Traci usando as seguintes palavras, de acordo com a súmula da partida: “Vai ver o impedimento que o seu bandeira deu no final e a falta que você marcou no segundo gol, seu sem vergonha", além de usar o termo “bandeira de escolinha", que seria uma alusão à inexperiência do assistente. Já Sidnei Lobo foi expulso por chamar o bandeirinha Bruno Boschilia de “burro”.

Caso fosse mantida a decisão, Mano Menezes ficaria fora do banco cruzeirense por duas partidas, contra o Grêmio e Ponte Preta, ambas em casa, pelo Campeonato Brasileiro. Na mesma data do julgamento, o Cruzeiro foi réu podendo ser penalizado com a perda de mando de campo por causa do arremesso de um líquido nos profissionais da arbitragem. Entretanto, o clube foi absolvido.

Mais do que nunca, ter o treinador comandando o time no jogo é essencial. A Raposa entra em campo, neste sábado (1º), às 18h30, diante do Grêmio, em situação complicada na competição nacional. Hoje, o clube é o primeiro da zona de rebaixamento e o jogo diante do tricolor gaúcho deve ser o começo da ascensão celeste no campeonato se a equipe almejar a permanência na primeira divisão.