Mano Menezes classifica empate com Grêmio como "importante para o Cruzeiro"

Após eliminação na Copa do Brasil, treinador celeste se referiu ao jogo dessa quarta-feira (2) como modelo a ser seguido nas partidas pelo Campeonato Brasileiro

Mano Menezes classifica empate com Grêmio como "importante para o Cruzeiro"
Foto: Rodrigo Rodrigues/Light Press/Cruzeiro

Após eliminação para o Grêmio, no Sul do Brasil, em jogo realizado nessa quarta-feira (2), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, o técnico Mano Menezes esclareceu as mudanças promovidas na equipe do Cruzeiro para o jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil. A escalação para a partida surpreendeu, uma vez que ele optou por Alisson e Willian, no ataque, deixando Rafael Sóbis e Ramón Ábila no banco de reservas.

“Não mudamos o sistema da equipe, mudamos as características dos jogadores dentro de um mesmo sistema. Nós jogamos com linha de quatro atrás, com dois volantes (Henrique e Ariel), com Robinho no início pelo lado e Arrascaeta se juntando a Willian, e com Alisson pelo outro lado. Então, a gente não mudou o que havíamos feito nos últimos jogos com Arrascaeta e Ábila. O que mudou foi a característica do último homem, isso sim”, descreveu.

Apesar da eliminação frustrante logo após classificação heroica nas quartas de final, Mano Menezes destacou o feito da Raposa nesta edição da competição: “O Cruzeiro não tem condições de ser campeão, mas ele fez uma Copa do Brasil muito boa. Não é possível ganhar sempre, mas estar entre os quatro melhores da competição, coloca o Cruzeiro no lugar que ele deve estar sempre, disputando a possibilidade de ser campeão”, analisou.

No jogo dessa quarta-feira, quem deu as cartas da partida foi a equipe celeste, que adotou uma conduta mais firme, se comparada com o jogo de ida. Mano destacou o domínio da partida por parte do Cruzeiro: “Controlou o jogo, teve mais posse e mais proposta de jogo do que o Grêmio. Quem analisa o jogo de maneira correta, independentemente do resultado e da desclassificação, também entende dessa forma”, disse.

O treinador ainda reforçou a importância de manter a postura adotada diante do Grêmio para os próximos jogos, que serão decisivos na reta final do Brasileirão: “Embora não tenha conseguido a classificação, eu disse aos jogadores que o que fizemos aqui hoje vai ser muito importante para o Cruzeiro no caminho que temos que trilhar para encerrar bem o ano no Campeonato Brasileiro”, revelou.

O próximo desafio celeste é diante do Fluminense, neste domingo (6), às 17h, no Mineirão. O Cruzeiro é o 13º na tabela de classificação, com 41 pontos, mas com pequena possibilidade de ser rebaixado: “A partir de agora, vamos encerrar o Campeonato Brasileiro buscando fazer os últimos resultados que precisamos. Eu tenho muita convicção que se a equipe fazer o que fez diante do Grêmio, em breve não teremos, nem matematicamente, aquele assombro de disputar rebaixamento”, finalizou.