Aguardando renovação contratual, Bruno Rodrigo exalta Cruzeiro: "Sempre amei estar aqui"

Com vínculo até dezembro, zagueiro celeste espera que Raposa termine bem a temporada e pede "equilíbrio" do time contra o Fluminense, no domingo (6)

Aguardando renovação contratual, Bruno Rodrigo exalta Cruzeiro: "Sempre amei estar aqui"
Bruno Rodrigo atuou em 165 oportunidades com a camisa do Cruzeiro, até o momento (Foto: Geraldo Bubniak/Light Press)

Faltando pouco mais de um mês para o término da temporada, atletas que possuem contratos se expirando no fim do ano já começam a pensar no futuro. Caso do zagueiro Bruno Rodrigo. Desde 2013 no Cruzeiro, o camisa 4, que já vestiu a camisa celeste em 165 oportunidades, mantém expectativa na renovação de contrato.

Bruno Rodrigo, que já marcou 17 gols pelo Cruzeiro, viveu situações diferentes ao longo das últimas quatro temporadas. Em 2013 e 2014, o zagueiro ajudou na campanha do bicampeonato Brasileiro. Mas em 2015 e na atual temporada, a Raposa pouco produziu, sobretudo no Campeonato Brasileiro. Agora, a meta do defensor é terminar o ano de maneira satisfatória, longe do temido Z-4.

“Acho que foi importante esse fim de ano. 2013 e 2014 foram anos muito bons, 2015 também pude fazer bons jogos. Esse ano tiveram meses em que as coisas não estavam dando certo, mas com a chegada do Mano todos cresceram. Nos posicionamos muito melhor, a equipe cresceu, ficou equilibrada, isso é importante. Terminar o ano bem”, declarou.

Titular absoluto desde que chegou ao Cruzeiro, Bruno Rodrigo deixou clara a intenção de renovar contrato com o clube. O zagueiro exaltou o ambiente construído na Toca e projetou o futuro com a camisa celeste: “Sempre amei estar aqui, jogar no Cruzeiro, sempre que tiver oportunidade de estar em campo vou dar meu melhor. Principal é nunca desistir. Espero poder continuar ajudando por um bom tempo”, disse o camisa 4.

O Cruzeiro terá três partidas no Mineirão nesta reta final de Campeonato Brasileiro. O primeiro desafio será neste domingo (6), às 17h, diante do Fluminense. A meta do zagueiro é conquistar os nove pontos no Gigante da Pampulha, buscando, também, vitórias fora de casa, visando encerrar o Brasileirão com chave de ouro. 

"Penso mais no jogo a jogo. Em todas as partidas temos que entrar para dar o nosso melhor e buscar as vitórias, que são sempre o nosso objetivo. Se vencermos os três jogos em casa vamos para 50 pontos. É fazer valer o mando de campo e, fora de casa, também buscarmos as vitórias", concluiu.