Bruno Rodrigo reitera desejo de renovar com Cruzeiro e deixa nas mãos da diretoria e do agente

Jogador volta a declarar seu amor pela Raposa e garante que seu empresário está negociando a extensão do vínculo com os dirigentes celestes

Bruno Rodrigo reitera desejo de renovar com Cruzeiro e deixa nas mãos da diretoria e do agente
Bruno Rodrigo está há quatro temporadas no Cruzeiro, atuando em 166 partidas e marcando 17 gols (Foto: Washington Alves/Light Press)

Faltando pouco menos de um mês para o término da temporada, o futuro do zagueiro Bruno Rodrigo no Cruzeiro ainda é uma incógnita. Isso porque o contrato do defensor se encerra no fim do ano e, até o momento, não foi renovado.

Como havia dito em outras oportunidades, Bruno Rodrigo não esconde o desejo de permanecer no Cruzeiro. Há quatro temporadas na equipe celeste, o defensor conquistou o Campeonato Brasileiro 2013 e 2014 e o Campeonato Mineiro 2014, além de ter entrado em campo, até o momento, 166 vezes, marcando 17 gols, se sagrando o terceiro maior zagueiro-artilheiro da história do clube, atrás apenas de Cris e Geraldão, com 25 e 30 gols, respectivamente.

"Minha vontade é permanecer, estou aqui há quatro anos, gosto bastante daqui. O Cruzeiro é a minha casa e é meu terceiro clube. Fiquei quatro anos na Portuguesa, três no Santos e quatro aqui no Cruzeiro. Sou um cara tranquilo. Não é do meu perfil querer mudar de clube. Se o Cruzeiro achar que eu sou útil para a equipe, minha vontade é permanecer", disse o zagueiro.

Apesar da indefinição momentânea, Bruno Rodrigo garante que seu agente já está em tratativas com a diretoria do Cruzeiro para a renovação de contrato. Assim, o zagueiro estará tranquilo para defender a equipe celeste nas quatro partidas restantes da temporada. A primeira delas será contra o Sport, nesta quarta-feira (16), às 21h45, na Ilha do Retiro, em Recife, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Meu empresário e o Cruzeiro já estão conversando. Vou deixar essa parte aí com eles e vou focar nesses últimos jogos. Da minha parte é tranquilo, sempre dei meu melhor no Cruzeiro, sempre procurei fazer um bom trabalho para ajudar a equipe. Então, vou deixar essa parte aí com ele que são os responsáveis cabíveis para acertar isso”, concluiu.