Ayrton lamenta chances perdidas pelo Figueirense diante do Botafogo

Lateral foi autor da cobrança de falta que quase deixou o furacão na frente

Ayrton lamenta chances perdidas pelo Figueirense diante do Botafogo
Ayrton deixou cumprimentos aos seus companheiros (Foto:Divulgação/Figueirense)

Na noite desta quarta-feira(22), Botafogo e Figueirense não viveram um de seus melhores dias em Juiz de Fora. O placar insistia em ficar na marca dos 0 a 0, resultado que não descreveu nada a partida que acompanhamos, quando, ambas as equipes tiveram mais ou menos duas chances de gol claras na partida, porém não converteram. 

Sem dúvidas esse foi o empate sem gols mais animado do Brasileirão, as duas equipes tiveram grandes chances de carimbar o resultado, mas nenhuma foi efetiva o bastante. O primeiro tempo podemos citar que foi muito equilibrado e, mesmo com sete desfalques para o jogo, o Botafogo contava com 63% de posse de bola, contudo o Figueirense apostava com muita determinação em perigosos contra-ataques.

Na segunda etapa, o clima começou a esquentar e as duas equipes se tornaram merecedoras da vitória. Foram muitos lances perdidos e, o Figueira ficava cada vez mais próximo do resultado, porém, já nos acréscimos acabou perdendo sua melhor chance na partida, quando, aos 46min, Ayrton solta uma bomba de falta, Sidão defente, a bola sobrou para Jocinei que lançou para Éverton Santos, o qual isolou e mandou para fora.   

"Tivemos oportunidades de matar o jogo, tivemos chances claras no primeiro tempo e agora no segundo. Não foi só a falta, tivemos mais alguns lances, mas tentamos converter em gols e não conseguimos", avaliou o lateral Ayrton.

Ayrton ainda festejou o aumento da produtividade do Figueira no campeonato e, destacou que, apesar do empate, ele juntamente com seus companheiros estão de parabéns, afinal conseguiram tirar um ponto de uma equipe tão tradicional como o Botafogo.

"A equipe está em uma crescente, está de parabéns pelo jeito que jogou fora e, ainda pontuou fora, é importante isso", destacou.

Para finalizar, atleta ainda avaliou a falta de efetividade do furacão, bem como a eficiencia de seu setor defensivo: "Quando as chances aparecem temos que converter em gols. Tivemos chances de levar gols também, nos defendemos bem."