Figueirense recebe líder Palmeiras lutando para se afastar do temido Z-4

Alvinegros brigam pelos três pontos para respirarem no Brasileirão; alviverdes querem a vitória para manter distância do Flamengo

Figueirense recebe líder Palmeiras lutando para se afastar do temido Z-4
Foto: Cesar Grecco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Figueirense
Palmeiras
Figueirense: Gatito; Ayrton, Bruno Alves, Werley e Marquinhos Pedroso; Josa, Renato e Dodô; Everton Santos, Lins e Rafael Moura. Técnico Marquinhos Santos
Palmeiras: JAÍLSON; JEAN, EDU DRACENA, VITOR HUGO, ZÉ ROBERTO; THIAGO SANTOS, TCHÊ TCHÊ, MOISÉS ; DUDU, RÓGER GUEDES E GABRIEL Jesus. TÉCNICO CUCA
ÁRBITRO: Árbitro: Igor Junio Benevenuto, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Celso Luiz da Silva
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA 31ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO, A SER DISPUTADA NO ORLANDO SCARPELLI, ÀS 17H, NESTE DOMINGO (16).

Figueirense e Palmeiras fazem neste domingo (16), o jogo dos opostos no Campeonato Brasileiro: o time de Santa Catarina precisa da vitória para fugir da zona de rebaixamento – é o 18º colocado com 32 pontos -, já o Verdão precisa dos três pontos para manter a liderança. A partida é válida pela 31ª rodada e acontecerá às 17 h (Brasília), no Estádio Orlando Scarpelli.

Ambas as equipes chegam ao jogo após conquistarem empate em 0 a 0 rodada na rodada do meio da semana, na qual Figueirense jogou contra o Coritiba e o Palmeiras recebeu o Cruzeiro na Fonte Luminosa, em Araraquara.

O retrospecto deste confronto é favorável para o Verdão, que venceu 14 dos 25 jogos contra o Figueira em toda a história. Figueirense venceu cinco vezes e outras seis partidas terminaram em empate. No primeiro turno do Brasileirão, o Verdão derrotou o adversário com o placar de 4 a 0, com gols de Dudu, Moisés e dois de Gabriel Jesus

Com Mina e Barrios a disposição, Verdão briga pelos três pontos para manter liderança

O objetivo do Verdão é vencer para manter a liderança e continuar abrindo vantagem em relação ao segundo colocado, que tem um ponto a menos. A preparação para o embate terminou na manhã de sábado (15), com um treino recreativo, e alguns jogadores treinaram finalizações.

Os titulares fizeram trabalhos regenerativos. Na lista de relacionados divulgada pelo técnico Cuca, as novidades foram Mina e Barrios. A relação com o nome dos atletas que entrarão em campo não foi informada.

O zagueiro Mina retorna a equipe após defender a seleção colombiana na disputa das Eliminatórias Copa do Mundo de 2018. O atleta chegou a viajar para Araraquara, porém não apresentou condições físicas de jogo e foi cortado contra o Cruzeiro.

Barrios, que estava com a seleção paraguaia, fica a disposição da equipe no banco de reservas. O desfalque para o Verdão será o atacante Rafael Marques por conta do desgaste físico.

Para desafio contra o líder, Figueirense aposta no apoio da torcida e sequência no elenco

O Figueirense conta com a vantagem de jogar em casa e chama torcida para ter o apoio que precisa nesta reta final para garantir os três pontos e fugir da zona de rebaixamento. 

Em entrevista coletiva, o técnico Marquinhos Santos ressaltou que será um confronto difícil, já que o estilo de jogo do Palmeiras é ofensivo e que sempre busca os três pontos. "É uma oportunidade de o Figueirense surpreender o Palmeiras e o Brasil, seria uma batalha todos contra um, os únicos torcedores que estarão a favor do Figueirense é os nossos torcedores e os do Flamengo"

Marquinhos ainda comentou sobre o equilibrio que buscava manter nas escalações do Figueirense, mesmo sem poder contar com Marquinhos no confronto deste domingo. “Gostei do jogo contra o Coritiba, tivemos uma postura boa e mesmo fora de casa criamos algumas situações, poucas ainda para quem busca uma ascensão dentro da competição. Acredito que tenhamos encontrado um modelo ou estar muito próximo de encontrar um para o Figueirense”.

O zagueiro Henrique Trevisan, que estava com a seleção brasileira, estará a disposição do técnico para o jogo de hoje.