Palmeiras leva a melhor no Mané Garrincha e tira Flamengo do G-4

Equipes fazem confronto bom tecnicamente, mas marcado por arbitragem confusão,  comandados de Cuca superam o adversário e conseguem entrar no G-4 do Brasileirão; Fla deixa o seleto grupo com revés

Palmeiras leva a melhor no Mané Garrincha e tira Flamengo do G-4
Foto: Palmeiras / Divulgação
Flamengo
1 2
Palmeiras
Flamengo: Alex Muralha; Rodinei, Léo Duarte, Cesar Martins, Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick (Mancuello, min. 28/2ºT); Fernandinho, Felipe Vizeu (Marcelo Cirino, min. 13/2ºT) e Everton (Cuéllar, min. 21/2ºT)
Palmeiras: Fernando Prass; Tchê Tchê, Thiago Martins, Vitor Hugo, Fabrício; Matheus Salles (Luan, min. 13/2ºT), Jean, Moisés; Dudu (Rafael Marques, min. 39/2ºT), Roger Guedes (Cleiton Xavier, min. 20/2ºT) e Gabriel Jesus.
Placar: 0-1, min. 3/1ºT - Gabriel Jesus 1-1, min. 5/1ºT - Alan Patrick 1-2, min. 26/2ºT - Jean
ÁRBITRO: DEWSON FERNANDO FREITAS DA SILVA (PA) - Advertidos: Mancuello (min. 37/2ºT), Vitor Hugo (min. 38/2ºT). Cleiton Xavier (min. 46/2ºT). Expulso: César Martins (min. 25/2ºT)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro, realizada no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Público: 54.665.

Em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, Flamengo e Palmeiras se enfrentaram no estádio Mané Garrincha, em Brasília, na tarde deste domingo (5). A equipe paulista venceu a partida pelo placar de 2 a 1, com gols de Gabriel Jesus e Jean, enquanto Alan Patrick descontou para o time carioca.

Este resultado foi a primeira derrota de Zé Ricardo no comando do Flamengo, que caiu momentaneamente para a quinta posição na tabela de classificação, com dez pontos somados. O Rubro-negro volta a campo pelo Brasileirão no próximo domingo (12), às 16h00, contra o Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli.

A vitória sobre o Flamengo em Brasília, levou o Palmeiras até o G-4, entrando exatamente na quarta colocação, com 12 pontos somados. A equipe comandada pelo treinador Cuca, retorna a campo na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, no clássico contra o Corinthians, domingo (12), às 16h00, na Arena Palmeiras.

Palmeiras sai na frente, mas Fla empata em seguida

O jogo começou bastante movimentado logo nos primeiros minutos, o Palmeiras abriu o placar cedo, aos três minutos, após César Martins entregar a bola nos pés do adversário, Gabriel Jesus invadiu a área mandou para o fundo das redes. Porém, o Flamengo empatou dois minutos depois, com Alan Patrick acertando um belíssimo chute da entrada da área, sem chances para Fernando Prass.

O time palmeirense tentava tomar a iniciativa da partida, enquanto o Flamengo esperava mais recuado, tentando um contra-ataque. A equipe do Palmeiras fazia uma marcação mais alta no meio-campo, dificultando a saída do adversário e garantindo maior posse bola e consequentemente as melhores chances de gol.

A equipe alviverde se fazia mais presente no campo ofensivo, tendo as principais ações da partida, colocando a defesa rubro-negra em situação de perigo constante e fazendo o goleiro Alex Muralha ter destaque na partida, as melhores oportunidades foram com Roger Guedes e Gabriel Jesus.

No final do primeiro tempo, o Palmeiras seguia melhor ofensivamente, porém o Flamengo também assustava em tentativas de jogadas rápidas de contra-ataques. Ambos os times tiveram chances de gol nos minutos finais, porém, a etapa inicial terminou empatada com um gol para cada lado.

Em segundo tempo eletrizante, Palmeiras sai com a vitória

No segundo tempo, o Flamengo começou adiantando a marcação, criando dificuldades para o Palmeiras trocar passes e manter a bola. O time rubro-negro veio também mais ofensivo, se fazendo mais presente no ataque e pondo a defesa palmeirense em dificuldade. As principais jogadas saíam dos pés de Alan Patrick e Fernandinho.

O Flamengo pôs em campo um trio de ataque muito leve, fazendo a equipe se movimentar bastante ofensivamente, porém sem ser efetivo, deixou o Palmeiras se aproveitar dos espaços e levar perigo em rápidos contra-ataques. A equipe paulista começou a gostar do jogo e aos poucos foi retomando o controle da partida.

A situação do jogo que começava a se desenhar desfavorável para o Flamengo ficou pior, após o zagueiro César Martins fazer uma defesa para evitar o gol palmeirense e ser expulso aos 25 minutos, com o árbitro marcando pênalti, que foi convertido pelo volante Jean no minuto seguinte. Com a vantagem no placar, o Palmeiras trocava passes, enquanto o Flamengo tentava se lançar ao ataque, porém dificuldades, por ter um homem a menos em campo.

Na parte final, o jogo seguia muito corrido e disputado. Mais organizado e com um jogador a mais em campo que o Flamengo, o Palmeiras era melhor e mais perigoso, além de conseguir prender a bola para fazer o tempo passar e garantir a vitória de 2 a 1, no Mané Garrincha.