Flamengo enfrenta Palestino com time misto pela Sul-Americana

Poupando jogadores para o decorrer do Campeonato Brasileiro, a equipe definida pelo técnico Zé Ricardo para o jogo contra os chilenos será recheada de jogadores reservas

Flamengo enfrenta Palestino com time misto pela Sul-Americana
Fernandinho comemora o gol da classificação contra o Figueirense / (Foto: Flamengo/Divulgação)
Palestino
Flamengo
Palestino: Melo; Sierralta, Luna, Vidal e Cereceda; Carvajal, Farías, Mazurek e Diego Torres; Benegas e Leonardo Valencia.
Flamengo: Paulo Victor, Pará, Juan, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Cuéllar, Alan Patrick e Fernandinho; Marcelo Cirino e Guerrero
ÁRBITRO: Jonhatan Fuentes (URU)
INCIDENCIAS: Partida de ida válida pela fase de oitavas de final da Copa Sul-Americana, a ser realizada no estádio Estádio Monumental.

Na noite desta quarta-feira (21), o Flamengo vai até o Chile enfrentar o Palestino, às 21h45, no Estádio Monumental de Santiago, em jogo de ida válido pela fase de oitavas de final da Copa Sul Americana. A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira (28).

A equipe chilena, que atualmente ocupa o meio da tabela no campeonato nacional, classificou-se para esta fase da competição continental após eliminar a equipe peruana do Real Garcilaso, com um empate por 2 a 2 fora de casa e uma vitória simples jogando no Chile. O técnico do Palestino, Nicolás Córdova, classifica a partida diante do Flamengo como um "Davi e Golias", no entano acredita na vitória e classificação de sua equipe.

Na vice liderança do Brasileirão, o Flamengo vem de vitória por 2 a 0 sobre Figueirense, que foi o mesmo adversário que a equipe rubro-negra eliminou, com uma derrota por 4 a 2 em Santa Catarina e uma vitória por 3 a 1 no Espirito Santo, para avançar as oitavas da Sul-Americana. Para o jogo no Chile, Zé Ricardo irá poupar os jogadores titulares, escalando um time misto para enfrentar o Palestino.

Flamengo com time misto no Chile

Preocupado com o desgaste dos atletas para o decorrer do Campeonato Brasileiro, o técnico Zé Ricardo preferiu poupar alguns jogadores para o jogo pela Copa Sul-Americana. O comandante rubro-negro apesar de fazer mistério quanto a escalação, adiantou que titulares como Willian Arão, Diego e Réver nem viajam para o Chile com o restante da equipe.

Além deles, outros três jogadores também estão fora da partida diante do Palestino, são eles: o meia Everton, o meia-atacante Gabriel, com uma lesão leve no pé direito e o atacante Leandro Damião, com um edema no músculo adutor da coxa direita. Com a ausência destes seis jogadores, outros voltam a figurar entre os titulares, como o volante Márcio Araújo, que cumpriu suspensão contra o Figueirense no Brasileirão e experiente zagueiro Juan.

Com a ausência de Diego, Ala Patrick e Mancuello brigam por um lugar no meio-campo ofensivo do time, enquanto Cuellar ocupa a vaga de Willian Arão. O atacante peruano Paolo Guerrero retorna a equipe titular, recuperado de uma infecçã estomacal, formando dupla ao lado de Marcelo Cirino. No gol, Paulo Victor entra no lugar de Alex Muralha, que foi convocado pela Seleção Brasileira e será desfalque da equipe rubro-negra no começo do mês de outubro, nos jogos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia em 2018.

"O Palestino é um time que não chegou por acaso nestas oitavas de final e por isso mesmo merece o nosso cuidado. Vai nos dar trabalho e temos que ter um bom desempenho nesta primeira partida para não se repetir o que aconteceu contra o Figueirense, quando fomos para a partida de volta bem pressionados", falou o técnico Zé Ricardo.

Técnico do Palestino joga pressão para o lado do Flamengo

Vindo de um empate sem gols, em casa contra o Santiago Wanderers, pelo Campeonato Chileno, a equipe do Palestino é apenas o 9º colocado, com 8 pontos somados nas primeiras seis rodadas da competição. A equipe do treinador Nicolás Córdova chega como azarona para o confronto contra o Flamengo, mesmo com o rubro-negro indo com um time misto para o jogo.

A equipe que deve ir a campo diante do time carioca será a mesma que vem atuando nas últimas rodadas do campeonato nacional, tendo como destaque o atacante Leonardo Valencia, artilheiro da equipe e do campeonato chileno, com 4 gols marcados, dividindo a posição com outros dois jogadores.

O técnico dos Árabes, compara o jogo diante do Flamengo a um "Davi e Golias" e crê que sua equipe jogará sem pressão diante do rubro-negro, pois segundo ele, o time carioca tem fama a nível mundial, enquanto o Palestino é ainda uma equipe em formação.

"Creio que pelo nome, a pressão é deles, por serem uma equipe de fama mundial, dos maiores clubes da América do Sul, enquanto nós somos um clube em crescimento. Porém, quando entrarmos em campo, será 11 contra 11 e já vi muitas histórias de Davi e Golias acontecerem no futebol", disse Nicolás Córdova.