Rafael Vaz foge da perseguição ao Palmeiras e diz foco está apenas no próximo jogo

Ainda que tenha assistido ao jogo do rival direto na disputa pelo título, o zagueiro desconversou e disse estar pensando apenas no Santa Cruz

Rafael Vaz foge da perseguição ao Palmeiras e diz foco está apenas no próximo jogo
Rafael Vaz foge da perseguição ao Palmeiras e diz foco está apenas no próximo jogo

Foram dois dias folgando após o empate com o São Paulo em 0 a 0 no Sábado pela 28ª rodada no Campeonato Brasileiro mas nesta terça-feira o Flamengo já voltou ao trabalho pensando na partida do fim de semana contra o Santa Cruz no Pacaembu. Titular desde quando chegou ao clube, Rafael Vaz foi escolhido para coletiva e destacou que ainda não é hora de pensar no Palmeiras.

Os principais problemas no Flamengo para a partida contra o Santa Cruz são as ausências de Paolo Guerrero, Alex Muralha e Leandro Damião, sendo os dois primeiros convocados por suas seleções e tendo Damião fora por lesão. Rafael Vaz afirma que apesar da importância, os desfalques não devem pesar: "O grupo é muito forte. São jogadores importantes, mas tenho certeza que quem entrar em campo poderá fazer o trabalho que precisamos. A vantagem do Palmeiras aumentou, mas seguimos muito confiantes nessa briga. Ainda temos dez jogos pela frente e muita coisa pode acontecer., afirma.

Perseguindo o Palmeiras há algumas rodadas, o rubro-negro precisava torcer contra o rival na partida de ontem mas o alviverde triunfou também contra o Santa Cruz. Vaz diz que a conta ainda é simples, apenas vencer na rodada seguinte : "Nossa conta é simples: Santa Cruz. Vamos pensar só no domingo. Vimos o jogo ontem  contra o Palmeiras, e sabemos o que esperar deles. Eles estão em situação complicada, mas estamos buscando o título. Temos que fazer nossa parte, porque o jogo não será no Rio, mas estaremos em casa", explicou o zagueiro.

Por fim o camisa 33 abordou a semana cheia para o treinador trabalhar antes da viagem para São Paulo, enfatizando a importância dos dias a mais para treinamentos: "Com certeza será um gás a mais. O professor Zé não teve muito tempo de trabalho recentemente. Com esses dias para botarmos mais em prática o que ele pensa, podemos crescer. O time oscilou um pouco nas últimas rodadas por diversos motivos, mas temos certeza de que estamos no caminho certo.