Zé Ricardo fala sobre vitória e polêmica: "Justiça foi feita"

Treinador rubro-negro lamentou lance com a arbitragem e comentou sobre a atuação do Flamengo; Bandeira de Mello também falou sobre o assunto

Zé Ricardo fala sobre vitória e polêmica: "Justiça foi feita"
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Após o confronto diante do Fluminense na noite desta quinta-feira (13), o treinador do Flamengo, Zé Ricardo, comentou sobre a grande polêmica que envolveu a vitória rubro-negra e o desempenho da equipe, que conseguiu vencer mesmo sem um jogo brilhante. Outro que repercutiu os problemas com a arbitragem foi Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Fla, que aproveitou para falar sobre a volta do Maracanã.

Zé começou a coletiva já perguntado sobre a polêmica do jogo: "A gente vai ter que discutir sobre o lance que mudou a partida no fim. Foi um jogo tenso, sabíamos que seria difícil, o Fluminense tem uma equipe muito leve, de movimentação. Levir parece ter encontrado a formação ideal, até as trocas. Sobre o lance, fiquei conversando com o Levir ali do lado dele. O bandeira parece que só confirmou o que ele tinha marcado, o impedimento. Depois com pressão do Fluminense, Henrique e mais um ou dois jogadores, ele voltou atrás. Mas na minha visão, a justiça foi feita. Realmente é um lance lamentável, porque a gente prega um espetáculo limpo e não quer essa situação. Infelizmente aconteceu, mas tenho que valorizar o grupo que apesar de não ter feito partida brilhante, soube jogar a metade do segundo tempo até o final. Parabéns ao nosso grupo".

O treinador aproveitou para avaliar a partida do Flamengo e explicar as variações táticas durante o jogo: "Tivemos momentos bons na partida, mas não conseguimos ir bem o jogo todo. A ideia era aproximar alguém do Diego, o Alan tinha condição de fazer um auxílio por dentro e o Fernandinho pela direita em velocidade. O Alan rende melhor pelo lado esquerdo. Mas perdemos a posse de bola no ataque e resolvemos inverter para ter dois triângulos pelo lado do campo. Assim, conseguimos ter controle do jogo. No segundo tempo, a equipe se descaracterizou. O importante é que não faltou emoção, pelo menos até ali na hora da confusão".

Sobre a volta de Paolo Guerrero, Zé Ricardo afirmou que ele foi poupado para evitar problemas mais graves. "Recebemos o relatório do treino de hoje e parece que já houve uma melhora significativa. Realmente estava muito desgastado, conversei com o departamento médico e pedi para poupar ele dessa partida. A expectativa é que ele possa treinar normalmente com bola na tarde desta sexta. O risco de disputar um jogo pesado como esse e se machucar era grande", afirmou. 

Zé Ricardo aproveitou para elogiar Alex Muralha, que teve mais uma atuação importante: "Muralha é um rapaz que trabalha muito e está conquistando seu espaço no futebol brasileiro pouco a pouco. Estamos muito bem servidos de goleiros. Paulo (Victor) fez uma partida muito boa contra o Santa Cruz, está muito bem. O Alex atravessa um bom momento e mostrou todo seu potencial após o seu período na seleção. A evolução dele é nítida e espero que ele continue assim, porque precisamos dele".

Após o confronto, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, falou sobre o lance e afirmou que foi a decisão correta: "Eu estava no camarote, não acompanhei todos os detalhes mas vi que tinham 3 jogadores impedidos e o bandeirinha marcou. Estava tranquilo, depois da confusão cheguei a ficar preocupado, até pelo histórico de arbitragens contra o Flamengo no campeonato, mas no final a decisão foi acertada".

Bandeira ainda comemorou o retorno do Maracanã, que foi confirmado como estádio do jogo entre Flamengo x Corinthians no dia 23/10. "A CBF já autorizou inclusive divulgou o Maracanã como o local da realização da partida. É claro que faltam 10 dias, o Maraca está parado há muito tempo. Mas já gostaria de agradecer ao governo do Estado, à concessionária e a Rio 2016 que puderam trazer o estádio de volta para a torcida", celebrou o presidente.