Volante da base do Fluminense é assassinado no Rio

Gabriel, de apenas 18 anos e sumido há três meses, foi morto em Nova Iguaçu-RJ

Volante da base do Fluminense é assassinado no Rio
Gabriel estava desaparecido desde o dia 16 de maio deste ano (Foto: Reprodução / Facebook)
Enfim a história do desaparecimento do jovem volante Gabriel se resolveu, e infelizmente não foi com um bom final. Segundo o jornal 'Meia-Hora', do Rio de Janeiro, o jogador da base do Fluminense foi assassinado e esquartejado por traficantes da favela Parque São Francisco, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense do Rio. 
 
A causa do assassinato seria o envolvimento do jovem no roubo de um carro nas proximidades da favela. Gabriel foi morto, esquartejado e jogado em um rio que passa atrás da favela. O crime foi esclarecido com a prisão de Marcelo Dino da Silva, de 25 anos, conhecido como 'Astronauta' ou 'Açougueiro' e Douglas Ventura da Conceição, de 22, que confessaram o assassinato do jogador. O irmão de Gabriel, e o outro menor, acusado de ceder a arma ao jogador, também foram capturados.
 
"O chefe do tráfico local, Lico, já havia dito que não queria carro roubado na área para não atrair a polícia. Por isso deu a ordem para que 'Astronauta' e '01' picotassem o corpo do Gabriel e jogassem no rio que fica atrás da favela", disse o delgado da 56ª DP e responsável por coordenar a ação, Luiz Henrique Pereira Guimarães.
 
O Fluminense não foi informado oficialmente e ainda não se posicionou sobre o caso.